Acessos ao Parque Nacional do Itatiaia são bloqueados

0

ITATIAIA

Com o objetivo de evitar o acesso de turistas a região do Parque Nacional do Itatiaia, a prefeitura, fechou, na sexta-feira, dia 03, acessos à localidade.

A medida visa evitar impedir a circulação de turistas, a disseminação da Covid-19 e o iminente colapso do sistema de saúde do município. Agentes da Guarda Civil Municipal farão a fiscalização para que a decisão seja cumprida.

Alguns acessos foram bloqueados com manilhas de concreto-Diivulgação/PMI

Os acessos, entre eles, a Rua Jose Antônio Carneiro no bairro Campo Alegre; a entrada da Rua São Jorge, próximo à passarela de pedestre sobre a Via Dutra; a Avenida Um Leste de acesso ao bairro Merisa foram bloqueados com manilhas de concreto. Já a Rua Wanderbilt Duarte de Barros, que leva até o Parque Nacional do Itatiaia e o bairro Vila Pinheiro, além da Avenida Um Sul, foram montadas barreiras presencial com agentes da Guarda Municipal. Os agentes da corporação farão uma triagem permitindo apenas a passagem de moradores a trabalho ou em caso comprovado de necessidade de deslocamento. “Essa é uma extensão do decreto que restringe a circulação de pessoas em Itatiaia. A medida visa a prevenção ao coronavírus. Desta forma será evitado o deslocamento de pessoas, principalmente de turistas que queiram circular na região do Parque Nacional de Itatiaia”, informou o comandante da Guarda Civil Municipal, Edson Bento Expedito. O comandante disse ainda que recentemente, após receber denúncias, de que turistas estariam vindo do Rio de Janeiro para passarem a quarentena hospedados em uma pousada na região do Parque Nacional de Itatiaia. “Após confirmarmos a denúncia por meio das redes sociais, onde uma pousada oferecia ‘Pacotes de Quarentena’ para os turistas ficarem hospedados na região do Parque. Foi feita uma fiscalização em conjunto com o setor tributário da Prefeitura e a Guarda Civil Municipal. O proprietário da pousada foi notificado a não realizar a venda dos tais pacotes. Por isso, a Prefeitura tomou esta medida de bloquear as vias de acesso ao Parque Nacional”, explicou Expedito.

TRÁFEGO DE CARRETAS PODERÁ SER RESTRITO EM PORTO REAL

No esforço de conter a chegada do coronavírus  em Porto Real, a prefeitura, poderá restringir o tráfego de carretas na cidade. Na tarde da última quinta-feira, dia 01, o Grupo de Ação Executiva e Operacional (Gabinete de Crise) decidiu que nos próximos dias será editada um nova normativa restringindo a circulação de carretas. “Até o presente momento não temos casos confirmados de Covid-19 no município. Nossa intenção é diminuir o trânsito de pessoas de fora da nossa região neste período crítico do contágio, como vêm alertando as autoridades de saúde do Governo do Estado”, explica o prefeito Ailton Marques.

Reunião em Porto Real defende a circulação de carretas poderá ser restringida para conter Covid-19-Divulgação/PMPR

Em linhas gerais, a Guarda Municipal vai reduzir o tráfego interno, diminuindo as opções de ingresso das carretas no município e realizando a checagem de temperatura dos passageiros dos veículos. “Vamos montar um cinturão de proteção para evitar que pessoas oriundas de diversos pontos do país circulem indiscriminadamente em Porto Real. Os motoristas serão orientados a entrar pelo acesso correto e a permanecer o menor tempo possível no município”, detalha o prefeito. Durante a reunião do Grupo, também foi definida a ampliação da rede de proteção social do município e a formalização do regime de trabalho dos servidores municipais.

SEM CASOS CONFIRMAOS

Até o fechamento desta edição, em Porto Real não havia nenhum caso confirmado de Covid-19. De acordo com a prefeitura, Laboratório Central Noel Nutels (Lacen), no Rio de Janeiro, liberou mais alguns exames de moradores, cujos resultados estavam pendentes.

Até o momento foram registrados dez casos suspeitos no município, sendo cinco deles foram descartados e outros cinco aguardam o resultado dos exames. Não há nenhum caso confirmado e óbito até o momento.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido !