Ação para promover alimentação saudável é realizada na Praça da Matriz

0

BARRA MANSA

Com o objetivo de resgatar a comida de verdade, ou seja, o alimento natural, foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 30, na Praça da Matriz, no Centro de Barra Mansa, uma ação de orientação sobre a importância da alimentação saudável. Além da prática de conscientização, foi realizada também a distribuição de mudas de verduras e sal de ervas, e, foi oferecido também, o cálculo de Índice de Massa Corporal (IMC). É a primeira vez que um evento como esse é realizado ao público.

Na ocasião estiveram unidos nutricionistas do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (Nasf), da Área Técnica de Alimentação (Atan), do Centro de Referência ao Idoso, do Centro de Doenças Crônicas Não Transmissíveis, e, da Secretaria de Educação, além de estagiários do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM)

Segundo a Coordenadora do Nasf, Maiara Maia, neste mês foi lembrado o Dia da Alimentação Saudável e da Prevenção a Obesidade. “Esse evento foi pautado em cima dessas datas e vem, pela primeira vez, munindo toda a rede de nutricionistas de Barra Mansa”, contou, completando que uma das pautas levantadas na ação, é promover a cultura do alimento real. “O intuito é mostrar o mal que os alimentos processados podem trazer a saúde”, explicou.

E para incentivar a população a adotar o alimento natural, as nutricionistas apresentaram o ‘sal de ervas’ a população, que é feito com sal grosso, alecrim, manjericão, orégano e salsa desidratada. Já as mudas distribuídas ao público, doadas pela Secretaria de Meio Ambiente, foram: alface, agrião, salsa, beterraba, entre outras. Além disso, mudas de árvores nativas como, amora, cabeludinha e ingá, também foram distribuídas.

A nutricionista Nathália Soares de Queiroz explicou sobre os malefícios dos alimentos processados, que muitas vezes são vistos como saudáveis. “Os alimentos in natura são os obtidos naturalmente e não passam por nenhum processo de fabricação. Quando ele passa por esse processo, esse alimento tem adição de sódio, gordura e açúcar”, disse,completando que as pessoas preferem aos alimentos embalados, pois eles vêm prontos. “Nessa vida corrida, estamos optando pelo mais prático, como o miojo, suco industrializado e com isso a população adoece, trazendo a obesidade, a diabetes. E esse evento é para mostrar a essas pessoas que elas podem optar por uma vida mais saudável. Por isso nós costumamos dizer ‘descasque mais e desembale menos”, concluiu.