Ação Conjunta frustra ação criminosa e prende suspeito de roubo de cargas

0

RIO

Uma força-tarefa entre a Polícia Rodoviária Federal, a Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC/PCERJ), a 21ª Delegacia de Polícia Civil e a Polícia Militar (SIA/CPP) prendeu, na madrugada desta quarta-feira, 17, na BR-040, próximo ao acesso à Linha Vermelha, um suspeito conhecido pela atuação em roubos de cargas e pelo assassinato de um policial no estado do Rio de Janeiro.

O suspeito estava um veículo de luxo que passou em alta velocidade pelo trecho, ignorando ordens de parada e efetuando disparos contra as equipes policiais. Os agentes revidaram a agressão durante a perseguição.

Dois suspeitos morreram no local e outros dois, feridos, foram levados ao Hospital de Saracuruna. No veículo, foram ainda encontrados três fuzis calibre 5.56, uma pistola 9mm, um quilo de pasta base de cocaína, dois bloqueadores de sinal conhecidos como jammer, placas clonadas, coletes à prova de balas, além de diversos carregadores e munições ainda a serem contabilizadas.

Suspeitos integravam quadrilha de roubo de cargas da Comunidade Nova Holanda

Os suspeitos, segundo a PRF, envolvidos são conhecidos pela atuação em crimes de roubo de cargas de alto valor em rodovias federais do Rio de Janeiro, além de invasão de centros de distribuição desses materiais. “No momento de abordagem, em posse do material levado no veículo, a quadrilha planejava uma nova ação criminosa na BR-040. Dois dos suspeitos também são apontados como participantes no homicídio do Policial Militar Sandro Santos da Silva”, disse em nota.