A conversão de Paulo

0

“E indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? E ele disse: Quem és Senhor; Eu sou Jesus, a quem tu persegues? Duro para ti recalcitrar contra os aguilhões” (Atos 9: 4 e 5).

Hoje queremos falar sobre a conversão de um homem conhecido pelas suas perseguições aos primitivos cristãos, chamado Saulo de Tarso da cidade de Tarso principal cidade capital da província da Cilícia (hoje no sul da Turquia), nasceu entre os séculos 5 e 10 d.C. Perseguidor implacável dos seguidores de Jesus Cristo. Não conviveu com Cristo, mas foi seu contemporâneo.

– Teve sua vida mudada e transformada, através da sua conversão a Cristo. De perseguidor passou a ser perseguido por causa da sua fé em Cristo. De Saulo foi transformado em Paulo o apóstolo de Jesus Cristo e que muito influenciou com suas pregações a respeito de Cristo. Por causa do público que evangelizou é chamado apóstolo dos gentios. Isto é, daqueles que não eram judeus.

-Teve sua conversão na estrada de Damasco. De acordo com o relato bíblico foi numa viagem de Jerusalém a Damasco, numa missão a procura dos seguidores de Cristo (chamados cristãos ou os do Caminho) com autorização do Sumo Sacerdote. Seu encontro com Cristo se deu por uma ação sobrenatural. Foi envolvido por uma luz do céu brilhando ao seu redor. Ouviu uma voz vinda do céu: “Saulo, Saulo, por que me persegue Ele respondeu: Quem és tu, Senhor? Jesus lhe responde: Eu sou Jesus, a quem tu persegues”. Logo ficou cego. Guiado para Damasco.

-Missão de Ananias (Atos 9: 10 a 19). Logo após a conversão, Paulo praticou uma vida de oração. O Senhor ordenou a Ananias que fosse ao encontro de Paulo para orar e impor as mãos sobre ele em favor da recuperação da sua visão perdida. Com a visita de Ananias Paulo teve a restauração da sua visão e foi cheio do Espírito Santo. Ficou alguns dias em companhia dos discípulos E começou a pregar em Damasco desenvolvendo o ensino que: “A salvação é baseada na fé e nãos nas obras.

Colunista
Reverendo Gerson Costa
Ministro Jubilado da Igreja Metodista Wesleyana
Pastor/Conferencista e Cantor evangélico
Contato com esta coluna: [email protected]

Deixe um Comentário

error: Conteúdo protegido !