19ª Festa da Cultura Italiana começa nesta quinta-feira em Porto Real

0

PORTO REAL

A colônia italiana de Porto Real estará reunida nos dias 6,7, 8 e 9 deste mês, para a 19ª Festa da Cultura Italiana. Tradição, história e gastronomia serão pontos altos dos quatro dias de festividade que acontece na sede do Porto Real Country Clube, no Centro da cidade. A festa é uma realização da Associação Vittorio Emanuele II, com apoio da Prefeitura de Porto Real, por meio da secretaria de Educação, Cultura e Turismo do município. A abertura oficial do evento acontece na próxima quinta-feira, dia 06, às 19h30min, com apresentação da Banda Municipal de Porto Real.

Segundo os organizadores da festa, um dos principais objetivos é exaltar e preservar a cultura italiana trazida pelos imigrantes que chegaram a Porto Real há 144 anos. Para marcar a data a Associação montou uma extensa programação, com apresentações de música e danças folclóricas, barracas de comidas típicas, com destaque para massas, doces, vinhos, além de mostra fotográfica e de quadros, concurso La Piu Bella Ragazza, tradicional desfile típico com as famílias italianas e o tradicional Almoço Della Mamma que contará mais uma vez com show do cantor Renato Gabbiani. “A Festa da Cultura Italiana faz parte da história de nossa cidade. É uma forma de homenagear os imigrantes que formaram uma das primeiras colônias italianas do Brasil. É preciso manter viva essa tradição que representa uma importante fase do desenvolvimento de Porto Real”, avaliou o prefeito Ailton Marques.

Já o secretário de Educação, Cultura e Turismo, Robson Paulino da Silva, exaltou o papel da colônia italiana e os reflexos na economia do município. “Realizar a Festa da Cultura Italiana de Porto Real é dar a devida importância da história da colonização italiana”. O evento também promove a economia local e regional, incentivando o turismo e o comércio na cidade, disse o secretário, que ainda reforçou as atividades que acontecerão na festa. “Durante a festa funcionarão barracas com comidas típicas, doces, vinhos, artesanato; diversas atrações musicais, apresentações de dança; o tradicional concurso ‘Bella Ragazza’, que escolhe a Rainha e a Princesa da festa e muito mais”, completou Robson.

“O ano passado tivemos um público estimado em 15 mil pessoas. A expectativa é de sucesso mais uma vez. A entrada é franca e essa edição é em comemoração ao 144º aniversário da imigração italiana no município. Vamos contar com participações especiais como o grupo Mamma Bracciolla e os Pepinos, de São Paulo, que vão interagir durante todo o evento com o público presente”, contou o diretor de Cultura, Luís Fernando da Silva.

O presidente da Associação Vittoriio Emanule II, Paulo Henrique Marassi, o Peu, disse que o evento movimenta consideravelmente a economia da cidade. “Estamos muito felizes em organizar mais uma edição da Festa da Cultura Italiana. Ela representar uma história que avança por quase 150 anos, desde a vinda das primeiras famílias. A cada edição e com o apoio da Prefeitura, notamos que a festa cresce mais. Por se tratar de uma festa cultural e gastronômica, destacamos o valor social do evento, onde proporcionamos a geração de empregos temporários, a movimentação do comércio local e principalmente o turismo no município, uma vez que 70% do público é formado por visitantes, disse o presidente.

PRIMEIRA COLÔNIA ITALIANA DO BRASIL

Muitos desconhecem, mas Porto Real foi à primeira colônia italiana do país. A colonização teve início no ano de 1875, quando cerca de 50 famílias oriundas das cidades de Novi di Modena e Concordia SullaSecchia, na Itália, chegaram ao Brasil. O destino era o Sul do país, mas devido a uma epidemia de febre amarela naquela região, as famílias foram encaminhadas para as terras localizadas às margens do rio Paraíba até que a doença fosse controlada. O provisório, no entanto, tornou-se definitivo e os imigrantes iniciaram o cultivo da terra e a construção do que anos mais tarde se tornaria o município de Porto Real. Como não poderia deixar de ser, a cultura italiana se faz presente até os dias atuais, por meio da música, da dança, da culinária e até mesmo do esporte, como por exemplo, o jogo de bocha, praticado todas as tardes de domingo na praça ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, onde se encontra a imagem da padroeira da cidade, trazida pelos imigrantes.

(BOX RETICULADO)

PROGRAMAÇÃO

DIA 06 – QUINTA-FEIRA

19 horas – Início do funcionamento das cantinas e restaurantes com comidas típicas.
19h30min – Abertura oficial com apresentação da Banda Municipal de Porto Real. Em seguida, visitação à mostra fotográfica e exposição de quadros no Museu da Associação.
20 horas – Apresentação das candidatas e escolha da Rainha e Princesa da festa.
21 horas – Coroação da Rainha e da Princesa da festa.
22 horas – Show com a Banda Itália Brasil.

 

DIA 07 – SEXTA-FEIRA
19 horas –
Início do funcionamento das cantinas e restaurantes com comidas típicas.
19h30min – Apresentação da Banda da Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN.
20h30min – Apresentação do grupo de dança “As Polentinhas”.
21 horas – Apresentação do grupo “Le Picolle Ballerine e seu Porpetone”.
21h30min – Apresentação da Escola de Dança Fundação Porto Real.
22 horas – Show com a Banda Brasitália, do Espírito Santo.

DIA 08 – SÁBADO
8 horas – Torneio Vittorio Emanuele II de Futebol (Circuito Sportvass de Fut7). Etapa Porto Real (sub 7/9/11/13) Local: Estádio Renato Monteiro.
12 horas – Funcionamento das cantinas e restaurantes com comidas típicas.
18h30min – Desfile Típico Italiano, com as famílias e participação da Banda Municipal de Porto Real.
20 horas – Show com a cantora Celeste Zeminianni.
20h30min – Apresentação do grupo de dança “As Polentinhas”.
21h30min – Apresentação do grupo de dança “Le Piccole Ballerine e seu Porpetone”.
22 horas – Apresentação do grupo de dança “Belle Ballerine”.
23 horas – Show com Fred Rovella e elenco (Banda Bella Itália e Ballet Tarantela).

DIA 09 – DOMINGO
8 horas – Torneio Vittorio Emanuele II de Futebol (Circuito Sportvass de Fut7). Etapa Porto Real (sub 7/9/11/13) – Estádio Renato Monteiro.
12 às 14 horas – Almoço Della Mamma e música ao vivo com Renato Gabbiani (Ingressos antecipados e limitados).
16 horas – Festival de Prêmios (televisão, geladeira, fogão, entre outros).
20 horas – Entrega de placas comemorativas aos 144 anos da chegada dos imigrantes italianos a Porto Real.
21h30min – Apresentação do grupo de dança “Belle Ballerine”.
22 horas – Show com Renato Gabbiani.
N.º DE LINHAS: 109

FOTO/LEGENDA: Festividade tem o objetivo de preservar e exaltar a cultura italiana trazida pelos imigrantes que chegaram à cidade há 144 anos

error: Conteúdo protegido !