Vereador pede presença de comando da PM para falar sobre criminalidade e intervenção da segurança   – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomePolíticaVereador pede presença de comando da PM para falar sobre criminalidade e intervenção da segurança  

Vereador pede presença de comando da PM para falar sobre criminalidade e intervenção da segurança  

Vereador ainda teve requerimento pedindo posto do Corpo de Bombeiros em Rio Claro - Fábio Guimas

Vereador pede presença de comando da PM para falar sobre criminalidade e intervenção da segurança  

RIO CLARO

Além das constantes quedas de energia no município, os vereadores estão preocupados com o índice de criminalidade. O vereador Klessio Alves Pery (MDB) teve um requerimento de sua autoria aprovado durante sessão de segunda-feira, pedindo que a presidência da Casa convide o comando da Polícia Militar para prestar esclarecimentos dos números e também dos planos de combate a prevenção em caso de fugas de bandidos para Rio Claro, por conta da intervenção federal no estado.

“Somos uma cidade do interior, que recebe todos bem. Temos 800 quilômetros quadrados de extensão. Os moradores da área rural estão bastante preocupados com a segurança. O objetivo inicial era até uma audiência pública, mas por conta da burocracia e da demora que ia gerar para a realização pedi mesmo a vinda do comandante para batermos um papo, falar sobre as questões, esclarecer dúvidas da comunidade”, explicou o vereador. O 33º Batalhão de Polícia Militar, comandando pelo tenente-coronel Damião Portela, é quem cuida de Rio Claro.

OUTROS REQUERIMENTOS

E continuam no Legislativo os pedidos a respeito das constantes quedas de energia em Rio Claro. Além do pedido do vereador Wilson Latino (DEM), que o jornal divulgou recentemente, o vereador Klessio também entrou na luta. Os ofícios aprovados pedem a Light e a autoridades judiciárias solução imediata do problema.

Ainda na segunda-feira, outro requerimento do vereador Klessio Pery foi aprovado. Ele pede a instalação de um posto do Corpo de Bombeiros em Rio Claro. O socorro tem que vir de Barra Mansa. “Na semana passada estava passando pela Rodovia 155 quando me deparei com um acidente, parei para ajudar, mas ficamos a mercê da chegada do Corpo de Bombeiros”, contou o vereador que é enfermeiro. Em seu requerimento, justifica a necessidade falando da distância entre as duas cidades, que a rodovia é rota de fuga da Eletronuclear, com trânsito de muitos ônibus universitários, além da cobertura da telefonia ser deficiente.

“O pedido foi para o Governo do Estado e também para o de Rio Claro. Já passou da hora de sermos contemplados. Pedi apoio ao deputado Gustavo Tutuca e vou falar também com outros parlamentares”, avisou.

Klessio ainda falou de uma situação inusitada. Ele levou para o plenário da câmara na noite de segunda-feira um copo de água que recolheu do distrito de Getulândia. “Pedi para um biólogo fazer a análise da água e o permitido de turbidez é de 5.0 e estava com 43.5. Solicitei a intervenção imediata do prefeito para que mandasse secretário de Obras no local e fizesse o tratamento correto aos moradores”, explicou o vereador. A água no local é captada no Rio Piraí e precisaria passar por tratamento pela prefeitura porque a Cedae não assumiu ainda o tratamento e Getulândia.

 

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar