Suposto furto de água do Saae-VR por empresário volta a ser discutido pelos vereadores de Volta Redonda – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomePolíticaSuposto furto de água do Saae-VR por empresário volta a ser discutido pelos vereadores de Volta Redonda

Suposto furto de água do Saae-VR por empresário volta a ser discutido pelos vereadores de Volta Redonda

Carlinhos Santana diz que caso deve ser solucionado não só com multas - Foto: Divulgação

Suposto furto de água do Saae-VR por empresário volta a ser discutido pelos vereadores de Volta Redonda

 

O suposto furto de água do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda (Saae-VR) que envolve o empresário Mauro Campos, conforme denunciou o presidente da Câmara de Vereadores, Whashington Granato (PTC), na semana passada, voltou à tona na sessão plenária de terça-feira, 7. O vereador Carlinhos Santana (SD) usou a tribuna para falar sobre o assunto. O parlamentar disse que teve acesso a fotos da ligação ilegal e que ficou estarrecido de saber que o empresário foi apenas multado em pouco mais de R$ 800.

Durante a fala, Carlinhos Santana citou a reportagem do Jornal A VOZ DA CIDADE, onde o empresário respondeu ser o maior gerador de emprego depois do shopping Park Sul que está sendo construído e que seu grupo é o que mais investe na cidade. Segundo o parlamentar, a cidade quer empresário que invista em Volta Redonda, que tenha compromisso social, mas que não furte nada da cidade.

Seguindo a fala na tribuna, o parlamentar relatou que o empresário que gera emprego, investe, mas que depois furta da cidade não adianta em nada. “Se é um pobre que faz um gato de água, vai preso e responde a processo, agora um empresário não acontece nada, pior sendo vice- presidente do Conselho do Saae-VR. Queremos uma Volta Redonda igual pra todos. A lei é igual para todos”, frisou o vereador, ressaltando ainda que se a punição for apenas multas pequenas, isso vai incentivar o furto de água.

Santana chamou a atenção dos outros vereadores ao aparecer na sessão com um ‘maneki neko’, gato da sorte japonês, que significa riqueza e prosperidade. O vereador disse que o gato ficará na Câmara para lembrar os parlamentares do caso e só sairá, segundo ele, quando o assunto tiver resolvido.

 

 

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar