Região tem mais sete casos de febre amarela; novos registros são em Angra dos Reis e Rio Claro – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCidadesRegião tem mais sete casos de febre amarela; novos registros são em Angra dos Reis e Rio Claro

Região tem mais sete casos de febre amarela; novos registros são em Angra dos Reis e Rio Claro

Vacinação contra febre amarela ainda ocorre em cidades da região - Foto: Divulgação

Região tem mais sete casos de febre amarela; novos registros são em Angra dos Reis e Rio Claro

SUL FLUMINENSE
Mais sete casos de febre amarela foram confirmados pela Secretaria de Estado de Saúde, através do Informe Epidemiológico. Os novos registros foram em Angra dos Reis, que passou de 34 casos para 40, e Rio Claro com mais um caso. Angra dos Reis é o município com maior número de casos em todo o estado, inclusive de óbitos, com 14.

Além de Angra dos Reis e Rio Claro, casos da doença foram registrados também em Valença, 18, sendo seis mortes; cinco em Rio das Flores, sendo dois fatais; dois casos registrados em Miguel Pereira, Rio Claro, Paty do Alferes, Engenheiro Paulo de Frontin e Vassouras totalizando seis óbitos. Enquanto Paraíba do Sul e Piraí registram uma morte cada.

CASOS EM MACACOS
Onze casos da doença foram confirmados em 11 lugares diferentes. São eles: Niterói, Angra dos Reis (Ilha Grande), Barra Mansa, Valença, Miguel Pereira, Volta Redonda, Duas Barras, Paraty, Engenheiro Paulo de Frontin, Araruama e Petrópolis. A Secretaria Estadual de Saúde ressalta que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos.

A recomendação é que ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo, com movimentos lentos etc.), a pessoa deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município ou do estado.

FEBRE AMARELA NO ESTADO
– 17 casos – Teresópolis, sendo sete óbitos
– 18 casos – Valença, sendo seis óbitos
– 13 casos – Nova Friburgo, sendo quatro óbitos
– 1 caso – Petrópolis
– 2 casos – Miguel Pereira, sendo um óbito
– 12 casos – Duas Barras, sendo dois óbitos
– 5 casos – Rio das Flores, sendo dois óbitos
– 2 casos – Vassouras, sendo um óbito
– 9 casos – Sumidouro, sendo quatro óbitos
– 6 casos – Cantagalo, sendo quatro óbitos
– 1 caso – Paraíba do Sul, sendo um óbito
– 2 casos – Carmo, sendo um óbito
– 2 casos – Maricá, sendo um óbito
– 40 casos – Angra dos Reis, sendo 14 óbitos
– 2 casos – Paty do Alferes, sendo um óbito
– 2 casos – Engenheiro Paulo de Frontin, sendo dois óbitos
– 2 casos – Mangaratiba, sendo um óbito
– 1 caso – Piraí, sendo um óbito
– 3 casos – Cachoeiras de Macacu, sendo um óbito
– 4 casos – Trajano de Moraes, sendo três óbitos
– 2 casos – Rio Claro, sendo um óbito
– 4 casos – Silva Jardim, sendo dois óbitos

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar