Quem acreditou no aviso, se salvou – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomePalavras da Verdade - Pr. José EdsonQuem acreditou no aviso, se salvou

Quem acreditou no aviso, se salvou

Quem acreditou no aviso, se salvou

Quem deu crédito à nossa pregação? E a quem se manifestou o braço do Senhor? (Isaías 53.1).

Eu estava de carro com minha esposa em Campo Grande, no Rio de Janeiro, seguindo para Barra Mansa. Parei num posto de gasolina, ali perto da Avenida Brasil e o frentista nos avisou que não prosseguisse por aquela rua porque estava havendo um arrastão na esquina. E todos os que estavam passando, depois da curva se davam com os assaltantes.

Ao ouvirmos o aviso, demos a volta e seguimos um pouco pela contramão e assim nos salvamos de ser assaltados.

Sempre é bom atendermos, atentarmos, acreditarmos, obedecermos aos avisos, aos anúncios que ouvimos ou sabemos. Os que nunca acreditam e sempre dizem: “Só acredito vendo”, Quando chega a ver…. não tem mais jeito. Sofre o dano.

Quantos filhos estão nas prisões, outros perderam a vida, foram ceifados ainda jovem porque não ouviram dos seus pais, os conselhos e avisos. Foram advertidos e não acreditaram nem obedeceram os conselhos, nos avisos do perigo, das más companhias, da tomada de uma decisão precipitada, prejudicial; e por isso vivem arrastando uma vida difícil, doentia, desagradável.

O profeta Isaías foi um dos profetas mais proeminentes de Israel. Falou, pregou, advertiu o povo de Deus para que não se desviassem dos ensinamentos de Deus, da boa vontade de Deus, mas, não lhes deram ouvidos, pelo contrário, Isaías foi morto serrado no meio pelo rei Manassés. Mas, o profeta cumpriu o seu ministério e recebeu a aprovação do seu Deus. Ele tinha como maior tesouro, estar com o seu Deus nos céus e certamente, lá está.

Jesus Cristo de pois de cumprir o seu ministério, de ensinar curar e libertar, de dar a sua vida em martírio na cruz do calvário e ressuscitar. Mandou seus discípulos: Avisar, anunciar, pregar a todos no mundo, que é chegado o reino de Deus, o Seu evangelho, a salvação a todo ser humano. Que por intermédio dEle não haverá condenação eterna, nem castigo eterno, porque Ele é o Caminho e a verdade e a vida, e ninguém chegará ao Pai se não for por Ele. (João 14.6). Esse é o aviso mais importante do mundo porque todos haveremos de deixar este mundo, queira ou não queira, acredite ou não. Então este aviso, esta chamada é grandemente necessária; todos nós temos que passar pela morte inevitavelmente. Um certo escritor chama a atenção perguntando: Como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? (Hebreus 2.4).

Na verdade, somos rebeldes por natureza. Não é do nosso feitio:,obedecer, atender, se submeter ás ordens. Desde criança somos desobedientes, sempre fazíamos o que nossos pais proibiam. Se num canteiro estiver escrito: Não pise na grama. É exatamente por ali que muitos fazem caminho e assim por diante.

E é por isso mesmo que é difícil obedecer ao evangelho de Jesus Cristo com suas ordenanças, suas doutrinas, suas advertências quanto ao nosso modo de viver, de se submeter a simplicidade, a entrega de nossa vida, a atender ao líder que exige o cumprimento da Palavra de Deus. E são muitos que encontram no evangelho o verdadeiro amor, a salvação, o perdão de Deus, a nova vida, a paz, a vida de santidade, a separação das influencias do mundo, a comunhão com Deus e com os irmãos. A libertação dos vícios, do peso do pecado, da vaidade, do orgulho, do ódio. Mas, pouco depois, se levanta o seu ego e diz: Também não é assim! Eu não posso reprimir a minha vontade carnal, tenho que aproveitar o mundo, sou jovem e tenho meu potencial. E não quer mais saber de se submeter. E alguns líderes carnais, sabendo que a nossa natureza é assim, então vai e abre uma “igreja” que dá liberdade de você fazer o que quiser dos seus desejos carnais e chamam essas pessoas e o templo fica cheio. Mas a liturgia não tem as características do verdadeiro evangelho. Não há exigência alguma, não há porta estreita porque a porta larga prevalece e satisfaz a todos. A igreja em Laodicéia era assim. Mas Jesus estava do lado de fora e denunciou e comportamento mau daquele líder. (Apocalipse 3. 14-20).

Não acredite em tudo, mas creia na verdade do evangelho de Jesus e serás salvo do dano eterno. (Marcos 16.15,16).

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar