Processo de modernização e humanização consolida Apmir como referência em maternidade – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeVariedadesProcesso de modernização e humanização consolida Apmir como referência em maternidade

Processo de modernização e humanização consolida Apmir como referência em maternidade

Processo de modernização e humanização consolida Apmir como referência em maternidade

Hospital maternidade referência no Estado, aos 76 anos a Associação de Proteção à Maternidade e Infância de Resende (Apmir) comemora mais um ano de conquistas. A principal delas aconteceu em setembro com a inauguração da nova Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal, montada com equipamentos de última geração doados pela montadora de ônibus e caminhões Man Latin America.

Há seis anos como presidente voluntária da unidade, a presidente Theodora Cerqueira, a Dora, explica que a conquista da UTI Neonatal simboliza um marco na reestruturação da Apmir. “Hoje a maternidade tem dez leitos em sua UTI neonatal, praticamente o dobro de capacidade antes desse investimento feito pela montadora. Todos os leitos estão aparelhados com tecnologia de referência na área e potencial para ampliar ainda mais. Com essa estrutura, diminuímos os danos e sequelas ao bebê, especialmente quanto à taxa de morbidade”, destaca a presidente, acrescentando que a UTI neonatal segue padrões internacionais para o suporte à vida do recém-nascido.

Ao fazer um balanço deste período à frente da instituição filantrópica, Dora se lembra das enormes dificuldades encontradas e as resistências que precisou enfrentar. “A Apmir apresentava condições físicas precárias quando assumimos. Além de ter que melhorar suas instalações, tivemos que enfrentar resistências e comprei algumas brigas pesadas. Tive que cortar despesas, inclusive, altos salários de médicos que me causaram alguns desafetos. Foi um momento de muita pressão”, revela a presidente, que como consequência dos dias difíceis, ostenta uma cicatriz no peito, fruto de uma cirurgia cardíaca.

Contando com 90 % de verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) e repasses de verbas da Prefeitura, Dora e sua equipe administrativa, também voluntária, partiram para uma ampla reforma que abrangeram as áreas da recepção, da sala de espera e dos ambulatórios, além da construção de banheiros e adequações para garantir a acessibilidade de deficientes, construção de quatro salas de parto, uma sala de acolhimento para gestantes e nutrizes. Todos os locais foram também climatizados. As melhorias foram possíveis graças à inclusão da entidade, no Programa de Apoio aos Hospitais do Interior (PAHI) que possibilitou, inclusive, a capacitação dos funcionários.

A Apmir conta hoje com 180 funcionários e atende pacientes de 14 municípios dos estados do Rio, São Paulo e Minas Gerais. Realiza uma média de cinco partos diários além de cirurgias ginecológicas. A unidade dispõe de pediatra e obstetra 24 horas por dia, direito à acompanhante para as mães e treinamento dos profissionais referentes ao aleitamento materno que entre outras ações permitiu a Apmir ser considerado um Hospital Amigo da Criança por promover, proteger e apoiar o aleitamento materno. “A humanização no atendimento é uma prioridade que exigimos a cada funcionário desde a entrada do hospital”, diz Dora, que destaca o profissionalismo e dedicação da equipe médica e de sua diretoria. “Quero dizer a população de Resende e de cidades vizinhas para que acreditem na Apmir, que acreditem nos nossos profissionais que estão aqui com a maior dedicação para fazer o melhor atendimento desde a entrada da gestante até a sua saída com o seu bebê”.

Próximos projetos

Além de construir um novo espaço para a farmácia do hospital, a direção da Apmir quer oferecer acomodações às gestantes que vem de locais distantes para terem filho na maternidade. Para isso, um imóvel perto do hospital está sendo alugado e preparado para funcionar como a Casa da Gestante. O local terá a capacidade de acomodar até 20 grávidas que ali ficarão tendo acompanhamento profissional até o momento do parto.

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar