Moradores do bairro Monet em Resende reclamam de abandono – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCidadesMoradores do bairro Monet em Resende reclamam de abandono

Moradores do bairro Monet em Resende reclamam de abandono

O péssimo estado das ruas é outra crítica feita pelos moradores - Créditos Carlos Henrique Moreira

Moradores do bairro Monet em Resende reclamam de abandono

RESENDE

Moradores da Rua Di Cavalcanti, situada no Monet, bairro localizado na entrada Leste da cidade, reclamam do estado de abandono em que se encontra o endereço. Uma das reclamações é referente ao grande número de terrenos particulares que apresentam mato alto. Há cerca de duas semanas, um grupo de moradores se uniram em mutirão para fazer uma roçada em alguns terrenos. Segundo os moradores, a falta de limpeza tem atraído a presença de animais peçonhentos como escorpiões. Além disso, eles reclamam que o mato alto também traz insegurança já que favorece para o uso como esconderijo para possíveis criminosos. “Traz um sentimento de insegurança porque podemos chegar à noite e sermos surpreendidos por algum assaltante. Ou sairmos e termos nossa casa invadida”, disse o morador Marcos Toledo.

Moradores relatam terem encontrado escorpiões dentro de casa – Créditos Clauber Anderson

Com relação aos escorpiões, os moradores relatam que durante o mutirão foram encontrados em muitas casas habitadas o que aumenta o medo dos moradores. “Só em uma casa aqui da rua, foram encontrados mais de quinze escorpiões. É um perigo para todos da casa, principalmente para quem tem criança”, reclama Toledo, revelando que alguns moradores passaram a criar galinhas no quintal para eliminar os bichos e reduzir os riscos.

Outro problema reclamado na Rua Di Cavalcanti é com relação à pavimentação que em alguns pontos inexiste. Além dos buracos que dificultam a circulação dos veículos, em dias de chuvas, se forma enormes poças de água e lama.

Uma rede de esgoto entupida também vem causando um grande incômodo aos moradores que alegam que o problema já foi relatado à empresa Água das Agulhas Negras, responsável pelo serviço no município. “Uma equipe já esteve aqui e desentupiu a rede, mas dias depois o esgoto voltou a transbordar e a correr a céu aberto trazendo esse mau cheiro para rua toda”, afirmou um morador que se identificou apenas como Lúcio.

Esgoto está transbordando e correndo a céu aberto – Créditos Carlos Henrique Moreira

FISCALIZAÇÃO

A Prefeitura informou, por meio da Assessoria de Comunicação, que proprietários de 20 terrenos foram notificados a realizarem a limpeza de seus terrenos que deve ser realizada continuamente. Informou ainda que uma nova fiscalização será feita no bairro e os donos de terrenos fora dos padrões de limpeza serão notificados.

O mato alto em terrenos abandonados traz insegurança, dizem os moradores – Créditos Carlos Henrique Moreira

Sobre a pavimentação, a Prefeitura informou que há uma programação sendo elaborada para obras de recuperação asfáltica em vários bairros, inclusive no Monet que deverá ser divulgada nos próximos dias.

Quanto ao surgimento de escorpiões nas residências, a Assessoria de Comunicação informou que uma equipe do Centro de Controle de Zoonoses deverá ir já nesta terça-feira a rua para uma vistoria nas residências.

ESGOTO

Em contato com a Assessoria de Comunicação da concessionária Água das Agulhas Negras, a redação do A VOZ DA CIDADE foi informada de que uma equipe será enviada a Rua Di Cavalcanti para verificar o problema de esgoto relatado na matéria.

 

Classifique essa Notícia
Comentários
  • Os Responsáveis por estes lotes devem ser multados é um absurdo, não limpam e ainda sujam.

    07/06/2018

Comentar