Membros do Conselho de Educação de Barra Mansa visitam obras das escolas de tempo integral – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeEducaçãoMembros do Conselho de Educação de Barra Mansa visitam obras das escolas de tempo integral

Membros do Conselho de Educação de Barra Mansa visitam obras das escolas de tempo integral

As cinco unidades escolares foram visitadas - Foto: Paulo Dimas

Membros do Conselho de Educação de Barra Mansa visitam obras das escolas de tempo integral

Integrantes do Conselho Municipal de Educação, formado por entidades governamentais e não-governamentais, foram conferir de perto os últimos detalhes das obras das escolas que, a partir deste ano passarão a oferecer ensino em tempo integral. Este ano, cinco unidades adotam esse padrão de ensino, seguindo as exigências do Plano Nacional de Educação (PNE), o qual estabelece que até 2024, 50% das escolas públicas deverão oferecer educação em tempo integral.

A comissão percorreu as obras da Escola Estadual Municipalizada Leonel Brizola, Colégio Municipal Padre Anchieta, Escola Municipal Eliete de Oliveira Ferreira, todas no bairro Vista Alegre, além do Colégio Municipal Prefeito Leonísio Sócrates Batista, no bairro Roberto Silveira, e o Centro de Educação Integrada, no Centro da cidade.

Alunos terão aulas diversificadas, cinco refeições e passarão por período de adaptação, disse o subsecretário – Foto: Paulo Dimas/PMBM

O subsecretário de Educação, o professor Ricardo Rosas, junto à comissão percorreu as unidades escolares. Na ocasião, ele relatou o depoimento que ouviu de um pai de aluno. “Tivemos a oportunidade de detalhar aos responsáveis a proposta da educação integral. Quando explicamos sobre os conteúdos da grade curricular tradicional, associado às aulas de xadrez educativo, musicalização, artesanato, empreendedorismo, formação profissional, robótica, atividades esportivas e ensino das línguas – espanhol, francês, inglês e alemão, ele ficou maravilhado e afirmou que atualmente encontra-se desempregado por não dominar o inglês”, comentou o subsecretário informando que os alunos da educação em tempo integral, que voltam às aulas amanhã, passarão por um período de adaptação.

“Até sexta-feira, dia 9, as aulas serão realizadas das 7 às 15 horas; entre os dias 11 e 16 de março, das 7 às 16 horas e a partir do dia 19, das 7 às 17 horas”, revelou o professor, acrescentando que mesmo no período de adaptação serão oferecidas aos alunos cinco refeições diárias. “Os alunos terão café da manhã, colação, almoço e lanche da tarde. Durante a adaptação vamos substituir o jantar por mais um lanche. Tão logo o expediente escolar seja realizado até às 17 horas, as escolas servirão o jantar. Todo o cardápio será elaborado pela nutricionista da Secretaria de Saúde e da empresa responsável pelo fornecimento da merenda escolar”, explicou Ricardo Rosas.

Na avaliação do secretário de Educação, Vantoil de Souza, a partir das escolas em tempo integral as unidades escolares, além de serem espaços de aprendizagem, serão locais de desenvolvimento cultural, assistência social, esporte, meio ambiente, direitos humanos e projetos fundamentados em princípios éticos e humanísticos. “A meta é ampliar as possibilidades do universo cultural e o aprendizado de iniciação tecnológica e digital, além de viabilizar maior formação acerca da consciência de uma cultura educacional de paz e de preservação ambiental”, comentou o secretário.

Classifique essa Notícia
Comentários
  • Uma duvida si nada disso acontecer si mminha filha não chegar a fazer nada disso posso colocar a prefeitura na justiça? Pq eu vou cobrar!!!de vereador de prefeito do papa mas vou cobrar.outra dúvida esse conselho aceitou aquela zona ?

    27/02/2018
    • Aceitou pq nenhum deles tem filhos que estuda aqui. Eles fazem parte de conselho de uma boa educação municipal mas educação e ta o Boa que seus filhos estudam em Colégio particular. Onde qualquer coisinha os pais reclamam eles já dao um jeito de resolver. Ao contrário da MUNICIPAL

      28/02/2018

Comentar