Flumisul é lançada em Barra Mansa com expectativa de gerar mais de R$ 31 milhões – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeEconomiaFlumisul é lançada em Barra Mansa com expectativa de gerar mais de R$ 31 milhões

Flumisul é lançada em Barra Mansa com expectativa de gerar mais de R$ 31 milhões

Lançamento da 20ª Flumisul aconteceu no Instituto Cultural Municipal, antigo Clube Municipal - Foto: Fábio Guimas

Flumisul é lançada em Barra Mansa com expectativa de gerar mais de R$ 31 milhões

BARRA MANSA

A 20ª Feira de Negócios do Sul Fluminense (Flumisul) foi lançada oficial nesta quinta-feira, dia 14, durante evento realizado no Instituto Cultural Municipal, antigo Clube Municipal. A feira multisetorial, como tem sido chamada pelos organizadores, acontecerá de 2 a 5 de agosto no Parque da Cidade e tem como expectativa gerar um impacto de R$ 31,35 milhões, com a geração de 780 empregos.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Agnaldo Raymundo, revelou que 50% dos espaços já estão comercializados, o que para ele demonstra a credibilidade da feira de negócios. “São 20 anos de Flumisul, ninguém chega a essa marca sem credibilidade. E o nosso desafio foi inovar e este ano estamos com novidades. Nesta edição contaremos com espaços de conhecimentos; são três: do Senac, UBM e Rio Sul Valley, que irão fomentar o empreendedorismo. A Flumisul surgiu como uma feira para indústria e hoje é um evento multisetorial. Sem a Expo-BM, a Flumisul acabou se tornando esse momento de lazer, entretenimento e negócios da cidade. É o que o mercado queria e conseguimos nos adaptar”, afirmou, Agnaldo.

Evento de negócios acontecerá de 2 a 5 de agosto no Parque da Cidade com a criação de 780 empregos

O secretário lembrou que a 20ª Flumisul contará com a participação de todo o governo municipal, como o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), Superintendência de Obras e Serviços Públicos; empresas da região como a Saint Gobain, FMC (antiga DuPont) e até um shopping outlet.

O prefeito Rodrigo Drable (MDB) destacou que acredita no sucesso do evento, não só no ganho para a economia local, mas também na questão social e no resgate da autoestima da população. Ele lembrou ainda que a menos de dois meses para o início da Flumisul, espera que o evento desperte o interesse de empresários não só da região, como também de todo o Brasil. “Estamos não só pensando no desenvolvimento econômico, mas também na questão social, porque a Flumisul se tornou um evento social. É uma festa, acho que dá para chamarmos assim, que gera oportunidade e não subtrai recurso do município. Ela é sustentável financeiramente. Não custa nada para cidade e traz visibilidade e fomenta a economia. Tenho certeza que vai ser um evento de muito sucesso”, frisou Drable.

FLUMISUL RENTÁVEL

Um estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostra que a cada R$ 1 investido na Flumisul, ele se transforma em R$ 3,77. Demonstrando a rentabilidade da feira. A estimativa de público para a Flumisul deste ano é de 50 mil pessoas para os quatro dias de evento. Ainda de acordo com o levantamento, espera-se que 70% dos visitantes sejam locais – pessoas do município ou região – e o restante turistas.

O arquiteto Marcellus Vidal esteve no lançamento da Flumisul representando a Rio Sul Valley, comunidade composta por pessoas e empresas ligadas a inovação, tecnologia e empreendedorismo que busca agregar conhecimento e ferramentas para obter sucesso em projetos no Sul Fluminense. “A comunidade nasceu em Barra Mansa há dois anos, formada por pessoas que estavam insatisfeitas com o mercado da região e queriam inovar. Hoje somos 350 membros, com um conselho formado por 60 pessoas e uma média de 20 empresas criadas”, comentou, completando como será a atuação da Rio Sul Valley na Flumisul.

“A ideia é criar um caminho de mentores em cada etapa da criação ou aperfeiçoamento de uma empresa, ao final desse caminho as empresas criadas/ gravarão um pitch curto e algumas serão selecionadas para apresentar no Demoday RSV, que será uma apresentação para investidores no domingo, no palco principal da feira. Além disso, as empresas já existentes, que forem mentoradas e selecionadas, poderão apresentar seu modelo de negócio, para outros parceiros, fortalecendo o network e o desenvolvimento em nossa região”.

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar