Escavações na Praça da Matriz encontram ‘marco zero’ de Barra Mansa – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCidadesEscavações na Praça da Matriz encontram ‘marco zero’ de Barra Mansa

Escavações na Praça da Matriz encontram ‘marco zero’ de Barra Mansa

Discos fornecem coordenadas oficiais do município como latitude, longitude e altitude e servem de referências geográficas - Foto: Divulgação

Escavações na Praça da Matriz encontram ‘marco zero’ de Barra Mansa

BARRA MANSA
Escavações realizadas na Praça Ponce de Leon, no Centro, encontraram um disco de ferro chamado de “estação” e considerado o principal marco da cidade. O objeto estava encrustado na base do obelisco que fica na Praça da Matriz, como é popularmente conhecido, e fornece coordenadas oficiais do município como latitude, longitude e altitude. A Praça da Matriz passou por obras de revitalização nos últimos meses, trabalhos esses que serão entregues à população neste sábado, dia 13.

De acordo com a Fundação de Cultura de Barra Mansa (FCBM), os discos são referências de nível do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e são implantadas ao longo das rodovias e ferrovias, em intervalos de três quilômetros. Barra Mansa possui um total de 59 desses. Apesar da grande quantidade na cidade, a placa encontrada é a principal de Barra Mansa, e tem a numeração 3046A.

Em uma visita do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE à cidade em 2011, a placa não havia sido encontrada. O registro identificado no site do IBGE são diferentes das divulgadas em sites e revistas locais sobre a história da cidade.

Durante as escavações, o empreiteiro da obra informou ao prefeito Rodrigo Drable (MDB) e ao presidente da Fundação Cultura Barra Mansa, Marcelo Bravo, sobre o objeto. Com o apoio do gerente de patrimônio cultural da FCBM, professor Nikson Salem, o objeto foi identificado.

De acordo com o secretário de planejamento urbano de Barra Mansa Jorge Melhem, a descoberta pode servir de apoio para orientar na busca por outros marcos que estão espalhadas pela cidade.

O presidente da FCBM, destacou a preservação da história e da memória barramansense. “As escavações na cidade são feitas de forma atenciosa com um trabalho bem caprichoso. Esse marco, assim como outros objetos encontrados na cidade devem ser preservados. O objetivo é valorizar e resgatar sempre a memória e a história de Barra Mansa”, disse Bravo.

Classifique essa Notícia
Comentários
  • Cansei de ver esse disco ali onde aquele flamenguista ficava sentado vendendo coisas usadas, na base do obelisco , informa também a altitude. 200 e poucos metros acima do nível do mar.

    13/01/2018

Comentar