Ambivertido, pessoa que combina duas dimensões opostas da personalidade – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeComportamentoAmbivertido, pessoa que combina duas dimensões opostas da personalidade

Ambivertido, pessoa que combina duas dimensões opostas da personalidade

Ambivertidos tem o melhor de dois mundos//Fábio Guimas

Ambivertido, pessoa que combina duas dimensões opostas da personalidade

SUL FLUMINENSE

Um novo termo surge à comunidade psicológica: ambivertido. Que é a definição daquela pessoa que está localizada em uma zona intermediária da escala introversão-extroversão, como explicam os psicólogos, e podem ter características de ambos os lados dessa faixa.

Mas existe realmente uma explicação científica para a ambiversão ou ela é apenas um jeito popular de se referir a uma pessoa ‘comum’?

Para entender melhor o que significa, é preciso saber o que são a introversão e a extroversão. Os introvertidos ‘obtêm energia de seu mundo interior’, segundo a conhecida classificação Myers-Briggs, baseada nos ensinamentos do psiquiatra suíço Carl Jung, e tendem a preferir ficar sozinhos ou fazer coisas que envolvem estar sozinhos, como ler ou pintar, por exemplo. Mas isso não significa que eles sejam ‘antissociais’. Eles gostam de socializar e fazem isso de uma maneira diferente dos extrovertidos. Estes últimos geralmente obtêm energia das interações sociais.

Já o extrovertido é um adjetivo que permite fazer referência à pessoa que é dada à extroversão (estado de ânimo que se manifesta através dos sentidos, refletido para o exterior). Alguém extrovertido tem tendência a socializar com facilidade e a destacar-se nos eventos sociais.

De acordo com a psicóloga Thaís Rodrigues Andrade este é um termo novo e algo que a sociedade tem vivido. “Tem gente que não é extrovertido, nem introvertido, fica no meio termo. Tem situações que quando está na zona de conforto, seja numa festa, com família, amigos, às vezes até fez o uso de bebidas alcoólicas então, fica mais extrovertido. Se o contexto muda, se só tem pessoas estranhas no ambiente, a sua tendência é se calar, ficar mais contido. Acredito que grande parte da população se comporta dessa forma.

Introspectivos, precisam de terapia para auxiliar e a pessoa que é muito extrovertida que acaba de expondo demais”, citou.

Para a profissional todo o ser humano precisa de um processo de análise, terapia. “Há situações onde a busca e o autoconhecimento são necessários, é preciso conhecer os limites e os potenciais de cada um e acima de tudo se aceitar. Terapia é a chave do conhecimento e da inteligência emocional”, destaca Thaís.

Você é um ambivertido?

  1. O seu nível de energia está intimamente ligado ao seu ambiente.
  2. Você acha as pessoas tanto intrigantes quanto desgastantes.
  3. Certas pessoas e interações o drenam, enquanto outras realmente recarregam você.
  4. Você pode ser encantador, mas também profundamente introspectivo e reflexivo.
  5. Quando você se sente descansado e recarregado, você vai até os outros.
  6. Você precisa de tempo para se aquecer em situações sociais.
  7. Realmente custa menos energia dizer o que está em sua mente do que conversar futilidades.
  8. Você é seletivamente social.
  9. Você não tem nenhum interesse em tentar provar a si mesmo em uma multidão de estranhos.
  10. Você é muitas vezes confundido como sendo uma pessoa extrovertida.

 

 

 

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar