A experiência dos idosos vai de encontro à inocência e a curiosidade das crianças – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeVariedadesA experiência dos idosos vai de encontro à inocência e a curiosidade das crianças

A experiência dos idosos vai de encontro à inocência e a curiosidade das crianças

A experiência dos idosos vai de encontro à inocência e a curiosidade das crianças

 VOLTA REDONDA

O Dia do Livro Infantil é comemorado em dois de abril, mas no Lar Vovó Ássima e Vovô Elias Zarur, da Legião da Boa Vontade (LBV), localizado na Avenida Nossa Senhora do Amparo, 5079, no bairro Santa Rita do Zarur, em Volta Redonda, as comemorações seguem durante o mês de abril. Sendo assim, os vovôs e as vovós têm vivenciado experiências diferenciadas, que promovem a socialização e fortalecem os vínculos familiares e de amizade. A leitura juntamente com as crianças é uma delas. Em um desses encontros, a experiência dos idosos foi de encontro à inocência e a curiosidade das crianças.

Para comemorar a data, os idosos realizaram uma ação intergeracional na qual fizeram a leitura de livros infantis para os alunos da Escola Monteiro Lobato, localizada no mesmo bairro, acompanhada de bolos e suco para todos. Clássicos da literatura brasileira e mundial fizeram parte da atividade que alegrou não só as crianças, mas também os idosos que puderam voltar à infância.

Segundo a educadora social da LBV, Francineide Roquine, foi um momento que mexeu com a imaginação e a criatividade dos idosos. “Foi muito divertido, alegre e harmonioso. Montamos o cantinho da leitura, com sofá, várias opções de livros de histórias infantis. As crianças sentaram-se no tapete. Fazíamos perguntas para as crianças e estimulamos a imaginação delas. Foi uma atividade bem positiva, pois os idosos ficaram felizes com a presença das crianças. Gostaram muito da atividade”, destacou a educadora.

FELIZ COM A CONTAÇÃO DE HISTÓRIA

O idoso Jerônimo Alves, de 88 anos, garante que ficou super feliz com a contação de histórias e a presença das crianças. “Gostei demais, eu adoro as crianças, são inocentes. Fez muito bem para mim, admiro e gosto do estilo que a educadora faz”, declarou. Outra que gostou muito do encontro e comemorou foi a idosa Vera Lúcia da Silva, de 65 anos. Ela ficou emocionada com a atividade e teve lembranças da netinha. “Gostei muito e fiquei muito emocionada. Mexer com criança é muito bom para a cabeça da gente, faz muito bem. Queria que fizesse mais vezes porque gosto muito das crianças, me abraçaram, me beijaram, gostei de coração. Tudo fez bem pra mim. Fiquei emocionada, fiquei com vontade de chorar, lembrei da minha netinha que está longe. Fiquei muito feliz. Toda vez que tem uma atividade dessa aqui eu participo. Gosto muito de criança”, concluiu a idosa.

Para a direção do Lar de Idosos da LBV, a melhoria da qualidade de vida dos idosos atendidos e a autoestima fazem parte da rotina dos assistidos. São oferecidas a eles, no dia a dia, diversas atividades que estimulam a criatividade, o raciocínio lógico, o desenvolvimento motor e cognitivo, entre outros. São ações voltadas ao diálogo, à convivência com outros idosos, a troca de experiências com crianças e jovens. Na instituição, eles são bem tratados. São valorizados e a reunião com crianças é promover um encontro da experiência com a inocência e a curiosidade das crianças.

 

 

Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar