Polícia 12/08/2017 15:20:08 - Atualizado em 12/08/2017 15:20

Polícias Civil e Militar realizam incursões em comunidades de Angra dos Reis

Ação resultou em importante prova na investigação da turista inglesa baleada; equipe do A VOZ DA CIDADE acompanhou com exclusividade

OPERAÇÃO INTEGRADA

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 
Fotografada por Fábio Guimas

ANGRA DOS REIS

PRISCILLA MALAFAIA

priscilla@jornalavozdacidade.com

 

Uma operação deflagrada ontem pelas Polícias Civil e Militar, em diversas comunidades de Angra dos Reis, resultou na prisão de um suspeito de associação ao tráfico de drogas, flagrado com um rádio transmissor, e na apreensão de um veículo clonado, possivelmente produto de furto/roubo. A ação, coordenada pela Região Integrada de Segurança Pública (Risp), mobilizou policiais civis e militares de unidades da Costa Verde e Sul Fluminense e foi realizada cinco dias após a turista inglesa, Eloise Dixon, 46, ter sido baleada com dois tiros, quando entrou com a família, por engano, no último domingo, em uma comunidade do município. O A VOZ DA CIDADE acompanhou, com exclusividade, a ação policial. Segundo a polícia, houve troca de tiros em algumas incursões, mas ninguém ficou ferido.

Logo cedo, antes das seis da manhã, as equipes se dividiram e seguiram para diversas comunidades como: Sapinhatuba III, Camorim Grande, Morro do Moreno e Água Santa (esta última onde a turista foi baleada). O delegado titular da 166ª Delegacia de Policia (DP), Angra dos Reis, Bruno Gilaberte, que estava à frente da ação, informou que a operação foi realizada com o intuito de coibir o tráfico de drogas e, consequentemente, os índices de violência, que vem aumentando no município. "Não é uma operação isolada. Vem ocorrendo operações da Polícia Militar durante toda a semana, culminando com essa operação integrada realizada hoje (ontem) em que algumas comunidades locais foram ocupadas por forças policiais", explicou Gilaberte.        

O delegado revelou ainda que, indiretamente, a operação contribuiu também para as investigações do caso da turista inglesa baleada, resultando em uma importante prova nas investigações. "Aproveitamos também para arrecadar algumas provas relativas a esse inquérito específico. Houve a arrecadação de uma prova, que ainda não tínhamos nos autos, e que era imprescindível para a conclusão das investigações. Esse elemento foi obtido durante as diligências", apontou, frisando que essa prova torna a investigação mais próxima de ser concluída. Segundo informações, a inglesa passa bem e ela e sua família ainda estão no Rio de Janeiro, aguardando a alta completa da vítima.

A Polícia Civil informou que durante a operação, na comunidade de Água Santa, foi apreendido um veículo com indícios de clonagem, que seria produto de roubo/furto, e na Sapinhatuba III, Danley Conceição da Silva, 21 anos, foi preso em flagrante por associação ao tráfico de drogas. "Foi comprovado no local que ele era associado aos criminosos da localidade e com ele apreendemos um rádio comunicador", explicou.

OPERAÇÃO INTEGRADA

Bruno Gilaberte fez questão de frisar a ação da polícia em prol da Segurança Pública e o trabalho em conjunto entre as forças policiais. "A polícia vem buscando dar respostas a criminalidade, aumentando o policiamento ostensivo por parte da Polícia Militar, realizando diligências investigativas por parte da Polícia Civil. Além disso tentamos realizar um intercâmbio contínuo de informações, para que tenha uma eficácia maior nessas atividades e isso é uma forma de garantir para a Segurança Pública a eficiência que a população espera e deseja", analisou, afirmando que a integração entre as polícias vem sendo realizada em Angra dos Reis. "Nós estamos acompanhado algumas operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizando essas operações em conjunto com a Polícia Militar, mantemos contato constante com a Polícia Federal. Essa integração vem acontecendo e acredito que ela dará bons frutos em breve", finalizou.

Participaram da ação, além de agentes da 166ª DP, policiais da 88ª DP, de Barra do Piraí, e policiais militares da 33ª Batalhão de Policia Militar (BPM), com o apoio de militares lotados no 10ª BPM, de Barra do Piraí, 28º BPM, Volta Redonda, e 37º, de Resende.

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4