Polícia 18/03/2017 20:34:34 - Atualizado em 18/03/2017 20:34

Choque de Ordem para coibir venda de bebida alcoólica para menores e prostituição

Operação foi realizada em nove bares e dois quiosques; seis pessoas foram levadas para a 101ª DP

Caráter pedagógico

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 

PINHEIRAL

Operação conjunta das policias Civil e Militar, na noite de sexta-feira (17) até a madrugada de sábado (18), apurou diversas denúncias de venda de bebidas alcoólicas a menores; som alto e prostituição em bares e quiosques na cidade. Segundo informações da 101ª Delegacia de Polícia da cidade, os agentes percorreram nove bares e dois quiosques. Algumas pessoas foram levadas à DP para avaliação de antecedentes, mas ninguém ficou preso

Participaram da operação: quatro viaturas; oito agentes (sendo quatro Militar e quatro da Polícia Civil) além do Delegado Titular da 101ª DP, Antônio Furtado. Eles rastrearam os locais de denúncia nos bairros do Centro, São Jorge, Cruzeiro, Palmeiras e Parque Maíra.

“A Operação foi um sucesso. Recebemos muitas denúncias anônimas de irregularidades e desrespeito nestes estabelecimentos e nossa obrigação é apurar os casos e manter a população segura. A Polícia na rua anima a pessoa de bem e desestimula a bagunça e a prática de crimes”, disse o delegado Antonio Furtado.

De acordo com Furtado, seis suspeitos tiveram seus antecedentes consultados na Delegacia, pois estavam sem documentos. “Vários tinham antecedentes por homicídio, tráfico e uso de entorpecentes, mas não possuíam mandados de prisão”, explicou.

De acordo com o delegado, a atuação da polícia durante a operação teve caráter pedagógico. “Alertamos aos proprietários que não vendam bebidas alcoólicas a adolescentes, senão estão sujeitos até três anos de prisão; advertimos que som alto é proibido por ser perturbação da tranquilidade e do sossego e que exploração da prostituição dá até 8 anos de cadeia.

Muitas pessoas se surpreenderam com a varredura que as polícias fizeram em Pinheiral. “Podem se acostumar. Estamos apenas começando”, finalizou o delegado.

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4