Economia 19/05/2017 09:18:24 - Atualizado em 19/05/2017 09:18

Desempregados lotam a Ilha São João atrás de uma vaga de trabalho

Processo seletivo continua hoje e o interessado deverá levar uma caneta, Carteira de Trabalho, Identidade e CPF.

EM BUSCA DE TRABALHO

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 

VOLTA REDONDA

Segundo a Guarda Municipal (GMVR), cerca de cinco mil passaram, ontem pela Ilha São João em busca de uma vaga de emprego. A informação é de que muitos chegaram ao local ainda de madrugada. As vagas, número não divulgado, são oferecidas pela terceirizada pela CBSI, prestadora de serviços à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Hoje, haverá novo processo seletivo, no mesmo local, das 8 às 17 horas.

A informação do Setor de Recursos Humanos da empresa contratante, as vagas oferecidas são para a realização de um trabalho temporário de 45 dias no interior da Usina Presidente Vargas (UPV). Os candidatos estarão disputando a vaga para dez cargos, como eletricista, pedreiro, carpinteiro, soldador, supervisor, armador, montador de andaime e segurança do trabalho. Os selecionados deverão iniciar as atividades na próxima semana.

Muitos dos que estiveram no local estão fora do mercado de trabalho há quase um ano. É o caso do jovem Pedro Augusto Alves, 22 anos. Disse que trabalhou durante um ano em uma empresa em Macaé, mas devido à crise econômica, foi demitido no ano passado com a promessa da mesma empresa de ser recontratado em breve, mas até hoje continua desempregado. Disse que ficou sabendo das vagas de emprego nessa empresa durante o fim de semana.

“Uma amiga me avisou e tratei logo de vir. Deixei todos os documentos arrumados na pasta para hoje vir aqui. Estou com grande expectativa de conseguir uma vaga, mesmo vendo que o número de concorrentes é muito grande”, declarou o jovem, ressaltando que não importa para qual função.   

Leandro Sousa de Oliveira, 32 anos, disse que está desempregado há mais de dois anos e que essa é uma oportunidade que não dá para perder, mesmo sendo por um tempo curto. Lembrou que quem está desempregado e quer trabalhar de verdade não se importa em que vai conseguir. Disse que trabalhou de eletricista em Angra dos Reis e Niterói, porque não havia encontrado nada em Volta Redonda, mas agora acha que chegou a sua chance. “Sei que o número de candidato é muito grande, mas acredito e tenho muita fé em Deus que vou conseguir”, disse, ressaltando que chegou à Ilha São João por volta das 8 horas onde já havia dezenas de pessoas na sua frente. ”Cheguei nesse horário porque consegui um extra à noite. Sai às 7 horas e nem fui em casa. Não podemos perder nenhuma oportunidade”, completou. 

Hoje, o processo seletivo continua. Para tentar uma vaga, o interessado deverá levar ao local uma caneta, Carteira de Trabalho, Carteira de Identidade e CPF. 

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4