Cidades 11/08/2017 11:12:47 - Atualizado em 11/08/2017 11:12

Temperatura tem queda de 10° graus e volta a firmar só no domingo

Previsão dos especialistas é que hoje ainda apresente uma inclinação

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 
Fotografada por Fábio Guimas
Ontem em Barra Mansa, a população voltou a sair agasalhada; menos de 24 horas após intenso calor - Foto: Fábio Guimas

SUL FLUMINENSE

A semana na região apresentou várias oscilações no tempo, e de quarta-feira, dia 9, até ontem, o site Climatempo registrou uma queda de 10° graus no Sul Fluminense. A previsão dos especialistas é que a sexta-feira ainda apresente uma inclinação, mas no sábado o sol poderá aparecer em curtos períodos e no domingo, ele já deve firmar novamente, dando início a uma semana bem quente. A mudança ocorre devido a um ciclone extratropical passando no Litoral do Rio de Janeiro.  

O A VOZ DA CIDADE conversou na manhã de ontem com a equipe do Monitoramento Climático do Sul Fluminense, e questionou se os abalos podem ser uma ‘despedida’ do inverno, que terá fim no próximo mês. “É fase de transição dos meses de agosto e setembro. Essa mudança de hoje (ontem) ainda não é despedida do inverno, mas a partir da segunda quinzena de agosto pode se dizer que sim, teremos dias mais quentes e retorno de algumas pancadas de chuva típicas de primavera/verão”, explicou Observador Meteorológico, Rodrigo Augusto da Silva.

Segundo Rodrigo, hoje a temperatura terá mais uma ligeira queda; o tempo vai continuar ameno com friozinho de leve, com máximas de 20 graus. Já amanhã o sol já pode aparecer em curtos períodos, mas é no domingo, Dia dos Pais, que o tempo volta a firmar aos poucos, contudo a ressaca na Costa Verde vai continuar e a semana vai começar com bastante sol e calor.

“O inverno vai até 21 de setembro. A primavera começa no dia 22, ou seja, o calor vai voltando aos poucos e o frio vai se despedindo”, contou.

RESSACA

Rodrigo esclarece que um ciclone extratropical está passando ao largo do litoral do Rio, formando um sistema de alta pressão polar extremamente forte em alto mar. Juntos, elucida, formam uma pista de ventos marítimos em direção ao continente, trazendo muita umidade do oceano. “Essa umidade é a responsável pelo tempo fechado (nebulosidade). Sem a presença do sol as temperaturas ficam amenas, mas não tem previsão de chuva. Se chover é apenas garoa”, referiu o observador.

As atenções deste fim de semana são com as fortes ressacas (swells), que vão atingir o litoral do Rio com ondas que podem chegar aos quatro metros de altura nas praias, de hoje até segunda-feira, dia 14. “Muita atenção banhistas, pescadores e navegantes com a forte agitação marítima anunciada desde segunda-feira, dia 7, no Monitoramento Climático do Sul Fluminense”, concluiu o Observador Meteorológico.

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4