Cidades 17/07/2017 10:16:47 - Atualizado em 17/07/2017 10:16

Mais de 50 pessoas participam do 1º Curso de Pais e Coordenadores

Evento contou com a ministração das coordenadoras da Federação Brasileira de Amor Exigente

AMOR EXIGENTE

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 
Fotografada por Fábio Guimas
Público participou de uma espécie de reciclagem - Foto: Fábio Guimas

BARRA MANSA

Cerca de 60 pessoas participaram durante todo o dia de sábado do 1º Curso de Pais e Coordenadores do Amor Exigente, promovido pela Federação Brasileira de Amor Exigente (Feae), no auditório do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM). A programação foi ministrada pelas coordenadoras nacional Bernadete Maciel e Maria Helena Ferramola. O Amor Exigente é uma espécie de grupo de autoajuda voltado para auxiliar famílias em todo o tipo do que chamam de “comportamento inadequado”, que vai desde pessoas que usam drogas, praticam violência, sofrem depressão, entre outros. Na região, a iniciativa existe apenas em Barra Mansa e Resende.

Pela manhã foram apresentados os princípios básicos do Amor Exigente e a Metodologia. Trataram ainda sobre codependência e do educaE, um dos programas da capacitação.

Bernadete, em sua palestra falou sobre as crises que existem nos dias de hoje, que provocam dor, sofrimento e estresse. E o fato de toda a sociedade sofrer com as situações não deixa as coisas mais difíceis. Segundo ela, é preciso ter esperança e tomar atitudes. “Ter esperança que os nossos também são capazes de administrar essas crises. Temos 12 princípios no Amor Exigente e tratamos cada um deles”, contou. Ela citou um provérbio no final dizendo que os pássaros da preocupação e tensão podem até voar ao redor das nossas cabeças, mas não podemos permitir que eles façam morada. “Atitude”, resumiu.

Já Maria Helena falou um pouco sobre cooperação na família. “Quanto tem um filho com problema, por exemplo, que vocês possam trazê-lo para junto, fazerem coisas juntos. A cooperação é unidade. O contrário disso é competição”, destacou.

Amadeu Magina é o coordenador do grupo em Barra Mansa. Ele contou que foi uma oportunidade para uma reciclagem dos presentes sobre a metodologia do Amor Exigente. Questionado sobre o grupo pertencia a alguma religião disse que não, dele participam pessoas de várias denominações. “O grupo é pluralista e potencializa a religião de cada um. Ela é importante dentro do nosso trabalho”, contou. Segundo ele, o trabalho é de prevenção a todo tipo de comportamento inadequado. Em Barra Mansa o grupo existe há três anos e o coordenador estima que nesse período cerca de 60 famílias participaram. No Brasil existe há 30 anos.

As reuniões acontecem uma vez por semana no Centro de Barra Mansa. Participam 15 pessoas. O primeiro momento é de espiritualidade, estudo dos princípios do mês e depois a meta semanal de cada um do grupo. Participam tanto o familiar que tem comportamento inadequado, quanto membros da família. 

O coordenador regional da Zona Oeste do Rio de Janeiro, que abrange também o Sul Fluminense, Israel Alves Ribeiro, é uma das pessoas que foram tratadas no Amor Exigente. Ele contou que teve sério problema de saúde, pensando até mesmo em tirar a própria vida. “Até começar a viver novamente o Amor Exigente me ajudou muito. Comecei a aprender a ser gente e dedico desde 2001 a minha vida ao grupo”, contou, dizendo que a meta é aumentar o número de grupos das cidades da região.

Interessados em saber mais sobre o projeto podem ligar para (24) 98866-1889.

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4