Cidades 20/04/2017 19:34:15 - Atualizado em 20/04/2017 19:34

Reunião com forças de segurança discute ações conjuntas para diminuir furtos e roubos

0 comentários

Envie o seu comentário

* Nome:
* E-mail:
Telefone:
 
* Comentário:  
Declaro expressamente que li as Condições Gerais e aceito seus termos de forma integral. 
 

VOLTA REDONDA

Discutir ações conjuntas para diminuir o número de furtos e roubos no comércio e em residências. Esse foi o objetivo de uma reunião no gabinete do prefeito Samuca Silva (PV), com representantes das forças de segurança pública.  Participaram, representantes das Polícias Federal, Militar, Civil e Rodoviária Federal, além da Guarda Municipal e de entidades empresarias.

Algumas propostas saíram do encontro. A primeira seria uma parceria entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar para aumentar o número de rondas nos cinco principais centros comerciais de Volta Redonda (Amaral Peixoto, Aterrado, Vila Santa Cecília, Retiro e Santo Agostinho). Seriam ainda colocados pontos fixos de policiamento nessas localidades. Outra proposta seria a criação do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) Móvel. Os representantes das forças de segurança também se comprometeram a realizar uma campanha massiva para o uso da Delegacia On-line, que permite aos cidadãos registrar ocorrências sem a necessidade de ir à Delegacia.

“Precisamos da participação de todos para desvendar os crimes. Dos comerciantes, dos cidadãos e do poder público. Devemos incentivar o registro policial para sabermos onde estão ocorrendo e, assim, traçarmos as estratégicas para combater o crime”, afirmou o delegado de Volta Redonda (90ª DP), Eliezer Lorenço.

Segundo o prefeito, a Empresa de Processamento de Dados (EPD) está realizando a troca da tecnologia das câmeras do Ciosp e a manutenção diária dos equipamentos. Durante a reunião, o chefe da Polícia Rodoviária Federal do Sul Fluminense, Carlos Carvalho, sugeriu que, com a troca de tecnologia, sejam integradas também, as câmeras do comércio ao Ciosp, abrangendo a segurança, sem custos aos cofres públicos. 

© A Voz da Cidade. Todos os Direitos Reservados | Política de Privacidade

Desenvolvido por AM4