Sassaricando – Oscar Nora – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeSassaricando - Oscar NoraSassaricando – Oscar Nora

Sassaricando – Oscar Nora

Sassaricando – Oscar Nora


Ontem no quadro “Debates” do programa Manhã Sul Fluminense que tenho o prazer de apresentar diariamente, ao lado dos companheiros Walter Cardoso, Carlos Samuel, Geraldo de Castro, Monalysa Gomes, Reginaldo Régis e equipe, de nove ao meio dia, nas Rádios Sul Fluminense AM e FM, abordamos a recente entrevista de Thuram ao canal Sport TV.
+
Ruddy Lilian Thuram-Ulienjogou como lateral e depois zagueiro na seleção francesa de futebol. Seu maior momento de glória foi ter atuado na vitória da França sobre o Brasil, na decisão da Copa do Mundo de 1988, disputada em seu país. Nascido em Guadalupe, nas Antilhas Francesas, aos nove anos de idade foi morar em Paris onde o pai saiu de casa e a família se desmanchou.
+
Criado pela mãe, oprimido pelo bulling por ser negro, Thuram pensou em ser sacerdote, mas acabou se tornando jogador de futebol. Com discreta atuação em clubes da França, Itália e Espanha, criou uma fundação focada no combate ao racismo. Recentemente entrevistado na televisão, resolveu chutar a canela do Pelé, a quem chamou de egoísta.

Com a força devastadora de um litro do champanhe Moët&Chandon Dom Pérignon 2006, Thuram blasfemou que Pelé jamais se posicionou sobre a problemática do racismo. E disse mais: “ para se posicionar e melhorar as coisas, acho que é preciso gostar das pessoas. E pode ser que Pelé não tenha essa grandeza da alma, porque, efetivamente, se você vir a imagem que ele tem no mundo, acho que ele deveria ter feito outras coisas.
+
Os debatedores do programa, empresários Alexandre Caneda, Luiz Antônio Feris e o pastor César Thomé, que aliás é negro, não apoiaram as declarações de Thuram, considerando-as desastrada tentativa de visibilidade na mídia internacional. Com argumentos equilibrados, Feris, César e Caneda foram unânimes: consideram Pelé uma vítima constante dessas aberrações. Quando marcou seu milésimo gol e pediu atenção do mundo às crianças, Pelé foi criticado, lembraram.
+
Estou de pleno acordo com as conclusões dos brilhantes amigos. Thuram é um perna-de-pau em busca de fama, que não sabe o que diz sobre a pessoa a quemacusa. Como Thurampode avaliar o rei do futebol, se ele não acompanhou a vida do ídolo mundial? Afinal, quando Pele atuou profissionalmente pela última vez, 1 de outubro de 1975 – Cosmos 2 x 1Santos, um dos gols do próprio Pelé, Thuram – nascido dia 1 de janeiro de 1972 – tinha apenas 5 anos de idade. E quando Pelé parou de jogar no Brasil, 2 de outubro de 1974 – Santos 2 x 0 Ponte Preta – um dos gols marcados pelo volta-redondense Claudio Adão, Thuram ainda usava fralda para não fazer cocô no berço.

Copa do Mundo de Futebol Rússia 2018

Foto/Divulgação Fifa
A Fifa comemorou ontem a marca dos cem dias que faltam para começar a inédita Copa do Mundo de Futebol Rússia 2018. A data foi marcada por festividades nas 11 cidades anfitriãs, incluindo jogos de futebol, corrida rústica e patinação no gelo. O britânico Wayne Rooney, o brasileiro Ronaldo, o mexicano Jorge Campos, o Jay JayJay Okocha da Nigéria, o australiano Harry Kewell e o japonês Hidetoshi Nakata, representando países classificados para a Copa, fizeram malabarismos com a bola. O presidente da FIFA, Gianni Infantino, e o presidente russo, Vladimir Putin, entraram na festa dançando passadas para trás e para a frente ao embalo da eletrizante música da Copa que está chegando.

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar