Notas & Notas – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeNotas & NotasNotas & Notas

Notas & Notas

Notas & Notas

ALTO ASTRAL

A Praia do Anil, em Angra dos Reis, voltou a ser palco de uma das festas mais esperadas do calendário da cidade, o réveillon, que este ano foi marcado pelo alto astral. As areias da praia foram recebendo as famílias moradoras da cidade e seus visitantes desde os primeiros momentos da noite do dia 31 de dezembro e na virada do ano, à meia noite, já estavam totalmente tomadas de gente que só tinha uma intenção: festejar a chegada de 2018. Tanto que não apenas durante esta noite, mas nas anteriores que também tiveram grandes shows como de Ludmilla e Mumuzinho, não foram registrados nenhum ato violento que colocasse em risco os presentes. A Polícia Militar esteve presente e levou para a Avenida Ayrton Sena seu DPO móvel e reforçou o trabalho.

DEMAIS ATRAÇÕES

A noite começou com a agitação do DJ André LR, que descontraiu e interagiu bastante com o público presente. Logo depois, a partir das 22 horas, entrou no palco a banda Valeriana, que contagiou a todos com o que há de melhor do rock. Bem próximo da meia-noite o público participou da contagem regressiva e depois brindou ao brilho da queima de fogos vista por toda parte. A noite foi finalizada com um eclético show do cantor Thiago Olliveira, que sacudiu a areia da praia, onde a alegria e o alto astral imperaram e, esperamos, seja um presságio para o ano de 2018. Na Vila do Abraão, Ilha Grande, o Réveillon também aconteceu em grande estilo, com uma ocupação de quase 100% de sua capacidade de hospedagem, a festa da virada da localidade contou com o vasto repertório do DJ Júnior Oliveira e o show de Zampaglione Groovintage e queima de fogos. Vale ressaltar que nos dias 29 e 30 de dezembro também teve shows musicais na Vila.

CASCATA E PARALAMAS

Mais de 50 mil pessoas estiveram presentes na Vila Santa Cecília, no Réveillon de Volta Redonda. Trezentos agentes de segurança entre Policiais Militares, Guarda Municipal e segurança privada, deram tranquilidade aos presentes; nenhuma briga foi registrada. Depois dos shows das Bandas Misturéba e Amplexos, houve a contagem regressiva, show pirotécnico e a grande novidade: uma cascata de fogos de quase cinquenta metros que cobriu toda a fachada do Escritório Central. Logo após a cascata teve a grande atração da noite: o show dos Paralamas do Sucesso. Durante quase duas horas, a banda que sempre defendeu as mudanças nos rumos da política brasileira, se encantou com o viu em Volta Redonda e fez uma multidão cantar junto com eles.

CONQUISTAS

Para o prefeito Samuca Silva, o Réveillon coroou o primeiro ano de governo que terminou com grandes conquistas. “A população de Volta Redonda merece esse nosso respeito. Já demos muitos passos importantes na saúde, geração de empregos, no esporte e muitas outras realizações e tínhamos que oferecer esse lazer e cultura para a cidade. Trazer para Vila foi uma decisão acertada e as pessoas aprovaram”, disse o prefeito. Para a secretária de Cultura de Volta Redonda, Aline Morais, a festa na Vila Santa Cecília, possibilitou que toda a população participasse. Esse ano houve também, uma redução de cerca de setenta por cento nos ruídos dos fogos o que diminuiu os incômodos na audição dos cachorros.

PÓRTICO

A nova campanha para os mobiliários urbanos teve início com mensagens de boas-vindas à Angra no pórtico de entrada da cidade, que também faz alusão ao aniversário de 516 anos do município. A campanha com mensagens e novo design está sendo feita pela Prefeitura de Angra, através da Fundação de Turismo (TurisAngra), e vai também contemplar os pontos de ônibus e lixeiras espalhadas pela cidade. Em frente ao shopping, na entrada de Angra, o pórtico tem um design com imagens de turistas, de praias, ilhas e monumentos históricos da cidade, com os dizeres “Bem-Vindos ao Paraíso” também em inglês. Segundo a TurisAngra, a campanha terá prosseguimento ainda nesta semana de aniversário de Angra, os pontos de ônibus e as lixeiras são os próximos alvos do novo design e mensagens.

BALANÇO

Um relatório da Defesa Civil de Itatiaia apontou as principais atividades desenvolvidas em 2017 e também as metas e os projetos previstos para 2018. Em meio as ações promovidas estão as vistorias realizadas em áreas de risco, a retirada de enxames de abelhas por um apicultor, simulado de evacuação na Escola Municipal Wagner Guimarães e participações em eventos cívicos comemorativos no município, onde a equipe auxiliou para que acontecessem de forma segura.  A fim de alertar e orientar a população e os turistas, também foram afixadas pela Defesa Civil, placas de alertas nos balneários e cachoeiras da cidade para sinalizar os principais pontos com índices de acidentes. Entre as informações descritas está à ausência de salva vidas no local, cheias repentinas, correnteza forte e pedra escorregadia, além do perigo de saltos.

CHUVAS

Outro trabalho realizado periodicamente foi o acompanhamento detalhado da chuva, por meio dos pluviômetros automáticos instalados no município e  o monitoramento  climático por meio de sites especializados  como o Inea e INPE. “Durante todo esse ano desenvolvemos ações de prevenção e estivemos atentos a todos os chamados da população, atendendo todos prontamente. Porém, gostaríamos de aproveitar a oportunidade e alertar a população para que também faça a sua parte tomando alguns cuidados com a segurança individual e de suas famílias, como em casos de chuvas, banhos e cachoeiras e até mesmo no  dia a dia”, ressaltou o coordenador da Defesa Civil, Valdair do Nascimento.

METAS PARA 2018

Como metas para 2018 o coordenador listou a capacitação contínua dos servidores da equipe, a aquisição de equipamentos importantes de trabalho  e de proteção individual dos funcionários e voluntários da Defesa Civil, a realização de  novos simulados de evacuação nas escolas e palestras para os estudantes sobre prevenção e alerta de acidentes. A colocação de placas de alertas em novos pontos nos balneários e cachoeiras da cidade, assim a implantação de um aplicativo na linha de emergência 199, que transfere a ligação para o plantonista da base, caso aconteça algum problema técnico na hora do atendimento são outras metas importantes.

PISTA DE FÓRMULA MINI

Já está montada no piso S do Sider Shopping em Volta Redonda a Fórmula Mini, para quem curte emoções do automobilismo e altas velocidades. A atração é um autorama de karts de controle remoto com modelos customizados, que poderão ser “manobrados” por crianças a partir dos quatro anos de idade. Os circuitos duram cinco minutos, podem jogar até quatro pessoas ao mesmo tempo e uma equipe de monitores fica à disposição dos clientes. O ingresso custa a partir de R$ 10, com uma tabela de tempo pré-estabelecida. A atração ficará montada até o dia 25 de fevereiro, de segunda a sábado, das 9 às 21 horas.  E aos domingos e feriados, das 15 às 21 horas.

CONFIRMAÇÃO DE MATRÍCULA

A Secretaria de Estado de Educação recebe, entre 3 e 8 deste mês, a confirmação da matrícula para o ano letivo de 2018. O candidato precisa ir à unidade de ensino na qual foi alocado para confirmar a inscrição. A segunda fase da pré-matrícula será realizada de 16 a 19 de janeiro no site Matrícula Fácil (www.matriculafacil.rj.gov.br) e na página oficial da Secretaria de Educação no Facebook (www.facebook.com/SeeducRJ). O novo ano letivo começa em 5 de fevereiro.

DOCUMENTOS

No ato da matrícula, é necessário apresentar originais e cópias dos seguintes documentos: Carteira de Identidade ou documento que a substitua (certidões de Nascimento ou de Casamento) original e CPF, se possuir; histórico escolar ou declaração da última unidade de ensino em que estudou, constando a série para a qual o aluno está habilitado; Carteira de Identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos; laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso), na forma prevista no § 3º, do art.18; comprovante de residência; atestado com tipo do grupo sanguíneo; e o Fator Rhesus (fator RH).

Boto-cinza encontrado morto

Um boto-cinza foi encontrado na Ilha de Cataguases, em Angra dos Reis, na segunda-feira. É comum a presença do animal na região da Baía da Ilha Grande. O Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores (Maqua) disse que uma equipe investiga a causa da morte do mamífero.

UM FATO NA FOTO

FELIZ 2018!

É justamente nos lugares de sempre, prédios altos ou árvores isoladas, que os raios mais gostam de cair. Apesar de ser apenas mito popular de que eles não atingem duas vezes o mesmo lugar, há sempre a expectativa de que os infortúnios não nos acometam novamente. Foi com a esperança de dias melhores que a maioria das pessoas fechou 2017 – alguns se declararam sobreviventes ao final dos últimos 12 meses; aliviados e otimistas para o novo ciclo que se inicia. Que em 2018 raios sejam apenas gírias ou descargas elétricas – como na imagem acima, registrada pelo fotógrafo do A VOZ DA CIDADE, Fábio Guimas. Feliz Ano Novo!

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar