Existem vários recursos para se alcançar o desejado – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomePalavras da Verdade - Pr. José EdsonExistem vários recursos para se alcançar o desejado

Existem vários recursos para se alcançar o desejado

Existem vários recursos para se alcançar o desejado

Muitas vezes somos impedidos de alcançar algo porque cremos que só existe um modo ou único recurso para alcançar o que desejamos. E com isso, perdemos a oportunidade gastando o tempo e energia. E não abrimos os olhos do entendimento, ficamos estagnados, decepcionados e prejudicados; muitas vezes, por toda vida. Havia um cego que estava à beira dum caminho mendigando sentado à espera de alguma esmola. Mas de repente, ele ouviu um barulho de muitas pessoas se aproximando. Ele era deficiente dos olhos, mas não dos ouvidos, e os aguçou. E perguntou o que era aquilo, e lhes disseram que era Jesus de Nazaré que estava passando. Então ele usou todos os outros recursos que tinha: Os ouvidos, a boca. E no seu interior, usou: seu ânimo, seu esforço. E começou a gritar bem forte e com muita convicção apelando que fosse ouvido como se fosse à última vez. E foi. (Porque nunca mais Jesus entrou na cidade de Jericó). Várias pessoas sofrem à espera de receber algo que necessita, mas não se atiram em busca dos outros recursos que têm, ignoram, não creem não se esforçam pelas outras oportunidades que Deus as coloca ao nosso dispor. Porque Deus não é limitado nem quer que sejamos tolhidos. Aos que creem em Deus e no poder do Senhor Jesus, Paulo ensina: Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso. Seja Paulo, seja Apolos, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, seja o presente, seja o futuro: tudo é vosso, E vós de Cristo, e Cristo de Deus. E Jesus lhe disse: Todo poder me pertence nos céus e na terra. Portando ide… Tudo é possível ao que crer. (I Coríntios 3. 21-23; Mateus 28.18-20; Marcos 9.23 ). O cego chamado Bartimeu, foi além, porque ele usou a fé que está no espírito. A força da fé e da ação é tão extraordinária que tem a capacidade de suplantar todas as dificuldades. Este homem foi repreendido pelas pessoas que estavam seguindo a Jesus. Mandaram-lhe ficar calado, não incomodar o Mestre Jesus. Era um mendigo, cego, estava á beira de uma estrada empoeirada, possivelmente sujo. Mas a força da sua fé fez com que ele olhasse para a sua vitória, seu objetivo, que era ficar curado dos seus olhos. Porque ele sabia a quem estava implorando. Ele tinha ouvido a respeito da Pessoa, do Poder, do amor, da compaixão que havia no coração de Jesus e de modo nenhum ele deixaria sua fé ser desprezada por pessoas que muito embora estivesse acompanhado Jesus, mas tinham seus corações endurecidos, sem visão do amor e da compaixão. E lá estava o pobre homem gritando várias vezes por sua benção, sua libertação, sua realização. Com o seu coração contrito, quebrantado e ansioso; como um pássaro agarrado pelas pernas batendo suas assas tentando voar para longe. E quando alguém põe o coração, a fé, a humildade e esforço em obter algo de Deus. Deus nunca deixará essa pessoa decepcionada; ainda que possa ter outro plano. Até que, Jesus parou por aquele homem e outro grupo busca-lo. E esses disseram ao mendigo: Tem bom ânimo: levanta-te, que ele te chama. E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. Não escutem nem sigam aos que não usam as Palavras de Jesus. Que te intimida dizendo que não adianta buscar a Jesus. Pessoas que não estão interessadas por teu bem e se põem na frente de Jesus. Determinam má sorte quando o Senhor está com Seu coração cheio de amor e misericórdia e poder para te ajudar a romper todas as tuas dificuldades. Jesus disse ao cego: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho. Jesus disse que foi a fé e o esforço dele que o salvou. E Bartimeu fez melhor: SEGUIU PELO CAMINHO DE JESUS. Por favor! Tenha misericórdia da tua alma! Não procure outros, outras ou coisas. Se esforce em busca de Jesus Cristo!

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar