Dudu e superintendente do DNIT visitam obra da estrada do Parque Nacional do Itatiaia – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCidadeDudu e superintendente do DNIT visitam obra da estrada do Parque Nacional do Itatiaia

Dudu e superintendente do DNIT visitam obra da estrada do Parque Nacional do Itatiaia

Prefeito Dudu e Carlos Pascal (segundo e terceiro na foto) visitaram as obras da Estrada para o Parque Nacional - Aecom PMI

Dudu e superintendente do DNIT visitam obra da estrada do Parque Nacional do Itatiaia

ITATIAIA

O prefeito Eduardo Guedes, o Dudu (DEM), junto com superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Carlos Pascoal, visitaram na tarde de quarta-feira, dia 16,  a obra de  recuperação asfáltica da  estrada de acesso ao Parque Nacional do Itatiaia, a BR-485. De acordo com o cronograma, o serviço se encontra na terceira e última fase, que compreende a área urbana que vai desde a entrada da cidade (em frente à rodoviária), até a Ponte do Conora.

Durante a visita, o chefe do Executivo ressaltou a importância do serviço que já vem beneficiando toda a população. “Quero ressaltar a importância dessa obra para o município e para a nossa população. Tivemos a oportunidade, através de articulação política, de ir até Brasília  e digo que  eu gosto de ir para Brasília não para passear, mas para buscar recursos e mecanismos para a nossa cidade. A nossa população sabe que a estrada  não tem um real do município, mas tem aqui o esforço e articulação dessa obra que infelizmente há anos não acontecia e nos tivemos a oportunidade com muito esforço e dedicação trazer isso para a nossa cidade”, afirmou Dudu.

O serviço de recuperação da estrada, que teve início em setembro, abrange a drenagem, o recapeamento e um novo asfalto, além do processo de manutenção e conservação da via. A obra foi divida em três etapas: a primeira foi realizada entre a ponte do Conora e a portaria do Parque, a segunda,  dentro do Parque Nacional e a terceira está acontecendo na área urbana. A estrada estava sem manutenção há anos e chegou a ser apontada em uma pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) como a pior do estado do Rio de Janeiro.

 

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar