Delegado pede a promotoria do MP à internação de menor suspeito de envolvimento em três homicídios e tentativa de morte – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomePolíciaDelegado pede a promotoria do MP à internação de menor suspeito de envolvimento em três homicídios e tentativa de morte

Delegado pede a promotoria do MP à internação de menor suspeito de envolvimento em três homicídios e tentativa de morte

DELEGADO Marcelo Haddad entregou a promotoria do MP de Porto Real relatório sugerindo a internação do menor de 15 anos - Arquivo VC

Delegado pede a promotoria do MP à internação de menor suspeito de envolvimento em três homicídios e tentativa de morte

PORTO REAL

O delegado titular da 100ª Delegacia Legal de Polícia Civil (PORTO REAL) Marcelo Haddad anunciou, nesta quinta-feira, que pediu a promotoria do Ministério Público da Vara de Infância e Juventude de Porto Real, a internação do menor de 15 anos, morador do bairro Jardim das Acácias, suspeito de ter participado de três homicídios e uma tentativa de morte, no final de dezembro e início deste mês no município. O menor está apreendido por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, desde o dia 03, no Centro de Socioeducação Irmã Asunción de La Gándara Ustara Estrada da Companhia, antigo Degase, no bairro Roma, em Volta Redonda. No dia 02, a Polícia Civil encontrou em sua casa dez pinos de cocaína, pesando quatro gramas.

Marcelo Haddad entregou, na última quarta-feira, a promotoria um relatório sugerindo a internação do menor por ser um dos suspeitos de ter sido reconhecido na Delegacia como um dos três menores suspeitos de terem participado da morte de Israel Fernando de Souza, 28 anos e de Alan Silva de Oliveira, 18 anos, cujos corpos foram encontrados, no dia 29 de dezembro, com marcas de tiros e parcialmente enterrados em uma vala, próxima a uma lagoa situada no morrão do final da Rua Um, no bairro Jardim das Acácias. Além disso, o menor também é suspeito de envolvimento na morte de Douglas da Conceição Ramos, 27 anos, o Douguinhas, que morava no Conjunto Habitacional BNH, no bairro Freitas e na tentativa de morte de Alex Júnior da Costa, 24 anos, morador no bairro Colinas. Os crimes aconteceram no dia primeiro deste mês, quando as vítimas estavam no interior de um gol preto, placa AQI4920, estacionado na frente da quadra do Freitas Soares. Douguinhas, como era conhecido, morreu na hora. Já Alex foi baleado com tiros nas pernas. “Fiz o relatório com base nas investigações feitas dentro do inquérito policial e no reconhecimento de testemunhas que afirmam que o menor seria um dos participantes dos três homicídios e da tentativa de morte. No relatório, sugiro à promotoria a internação do menor no Centro de Recuperação como autor dos crimes que praticou”, disse o delegado, informando que os crimes teriam como sido cometidos por envolvimentos com o tráfico de drogas. “No caso do duplo homicídio, Israel teria sido abatido devido a acerto de contar com o menor por dívida de tráfico de drogas. Alan foi morto por estar no local e na hora errada junto com Israel. Já Douguinhas foi morto por briga de facções criminosas entre o Comando Vermelho, grupo que o menor participa, e o Terceiro Comando. Alex também foi atingido por estar acompanhando a vítima”, explica

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar