Coluna do Grebal – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeColuna do GrebalColuna do Grebal

Coluna do Grebal

Coluna do Grebal

Doze meses de muito trabalho!

Em março de 2017, foi eleita uma nova diretoria do Grebal, que tomou posse com um  objetivo muito importante: regularizar as documentações da instituição. Uma missão deveras difícil, mas que foi completada com sucesso, ainda em dezembro de 2017, quando nosso estatuto foi atualizado. Registros em cartório, atas, documentações na Receita Federal, impostos, multas, averbação do imóvel, enfim, um árduo trabalho realizado, que só foi possível graças ao empenho, determinação e seriedade com que essa diretoria agiu. Foram 22 reuniões ordinárias, três reuniões do conselho e uma assembleia geral extraordinária. Além desses registros, tivemos grande trabalho efetuado pela secretaria, mantendo e atualizando os controles da instituição. Chegamos assim ao final do mandato, com dever cumprido no que toca à parte administrativa do Grêmio.
No lado cultural, de suma importância para um grêmio literário, os acontecimentos foram muitos e bem variados, um recorde de eventos culturais na entidade. O Grebal participou pela primeira vez da Flumisul, importante feira do Sul Fluminense, e esteve presente em quatro Shows de Domingo, nas ruas de Barra Mansa. Promoveu saraus, curso de declamação e lançou livros de quatro grebalistas. Lançou sua página no Facebook, atingindo um público grande na divulgação. Apresentou o Show Encanto Poético, em homenagem aos 84 anos da Aciap-BM, entidade onde nasceu, quando 13 grebalistas declamaram, cantaram e dançaram para um público de mais de 120 pessoas. Recebeu escritores que palestraram e lançaram seus livros no auditório; visitou escolas de Barra Mansa e Volta Redonda, levando a exposição Poetas do Grebal pelo Brasil, livros e escritores. Recebeu da Aciap-BM o Prêmio Melhores do Ano de 2017, pelos trabalhos realizados em prol da literatura. Organizou e promoveu o Concurso Prosa e Verso XX, que gerou o livro do mesmo nome, cuja festa de premiação contou com a presença de mais de 200 pessoas.
Podemos dizer que o Grebal, nesses 12 meses, entre o início de março de 2017 e o final de fevereiro de 2018, trabalhou como se tivesse trabalhado por 120 meses e não parou. Serão inauguradas em março a Biblioteca Digital Evandro Sarmento, o Espaço de Exposições Eliette Ferreira e o Expositor Literário J. M. do Lago Leal, e lançado oficialmente o projeto “Grebalzinho”, dando início às comemorações dos 43 anos da entidade.
Em nome da diretoria que esteve dirigindo os destinos do Grêmio nesses 12 meses, agradeço a todos os 5 e amigos que junto conosco também fizeram parte desses momentos históricos, que engrandeceram e fortaleceram nossa instituição para o presente e para o futuro.

Rozan Silva

 

Saudade… De mim!

Já fui criança. Claro!
Já sonhei em crescer. Inocente!
Já fiz pedidos às estrelas. Ingênua!
Já fui vítima do puro amor (o primeiro). Pobre de mim!
Na adolescência, naufraguei num mar de ilusões.
Voltei à tona. Mergulhei novamente.
Voltei e mergulhei inúmeras vezes.
Ah! A alma da gente vai ficando desbotada…
Para que serve essa tal saudade, afinal?
Saudade danada, declamada por poetas
Inspirando melodias
Machucando os amantes
Dilacerando corações arrependidos
Tornando as distâncias mais distantes…
Sabe qual é a pior saudade? A que mais dói no fundo do peito?
É a saudade de ser criança…
A saudade de achar que crescer realizará todos os sonhos…
A saudade de acreditar no poder das estrelas…
A saudade do amor que hoje nem seria tão puro…
Saudade até das lágrimas derramadas a cada ilusão — e foram tantas!
Oh, saudade! Larga a minha alma!
Preciso colori-la novamente!
Não aguento mais sentir saudade de mim…

Andréa Aparecida Marques Maciel da Silva – professora, escritora e poeta

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar