Barra Mansa vacina contra a gripe até a próxima sexta-feira, dia 15 – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCidadesBarra Mansa vacina contra a gripe até a próxima sexta-feira, dia 15

Barra Mansa vacina contra a gripe até a próxima sexta-feira, dia 15

Público alvo é estimado em 50 mil pessoas; deste total, 78,21% já foram vacinados - Foto: Divulgação

Barra Mansa vacina contra a gripe até a próxima sexta-feira, dia 15

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa prossegue esta semana, com a vacinação contra a gripe em todas as UBS (Unidades Básicas de Saúde), no horário de 8 às 17 horas. No Centro do Idoso, no Ano Bom, no Centro, a imunização será específica para atender a terceira idade. A meta é assegurar proteção contra os três subtipos do vírus de maior incidência: H1N1, H3N2 e Influenza B. Até o momento, a cobertura vacinal atingiu 78,21% do público alvo, estimado em 50 mil pessoas.

De acordo com o Secretário de Saúde, Sérgio Gomes, a vacinação contra a influenza no município alcançou 55,22% das crianças de seis meses a cinco anos de idade; 82,79% das gestantes; 112% de trabalhadores da saúde; 95,93% das puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); 82,21% dos idosos e 91,38% de professores das redes pública e privada de ensino. “Da totalidade dos grupos, projetamos vacinar pelo menos 90% de cada um deles”, explicou Sérgio Gomes.

A coordenadora do setor de Imunização da Secretária de Saúde, Marlene Fialho, considera baixo, até o momento, o índice de imunização das crianças. “Estamos alertando aos pais que durante o período de inverno a incidência de vírus circulantes é maior, principalmente o da gripe, em decorrência da aglomeração de pessoas em ambientes fechados. Mesmo que a criança apresente quadros de febrícula ou coriza não há contra indicação médica na realização da vacina, pois a dose é única maneira de assegurar prevenção e proteção aos menores”, detalhou.

Marlene Fialho ainda lembrou que há ofertas de vacinas em todos os postos. “Queremos envolver toda a sociedade nesta reta final da campanha, pois embora a gripe não seja considerada uma doença grave, entre os grupos prioritários pode agravar o estado de saúde do paciente. Haja vista que até o último dia 2 de junho foram registrados em todo o país 2.315 casos de infecção pelo vírus influenza, com 374 mortes. Deste total, 1.395 casos e 243 óbitos foram pelo vírus designado H1N1. Já o vírus tipo H3N2 registrou 463 casos e 70 mortes. Por fim, foram 236 registros de influenza B, com 29 óbitos, e os outros 221 de influenza A em que não foram estabelecidos os subtipos, com 32 mortes”, alertou a coordenadora.

Praticamente todas as pessoas com mais de seis meses de vida podem ser vacinadas contra a gripe. A contraindicação fica por conta da alergia ao ovo. Como o preparo da vacina utiliza ovos de galinha, as pessoas alérgicas podem desenvolver reações.

AMPLIAÇÃO DA VACINA

Segundo o ministério, após o fim da campanha, caso ainda sobrem vacinas nos estados e municípios, a imunização poderá ser ampliada para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos. A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e também é respaldada por estudos epidemiológicos e observacionais do comportamento das infecções respiratórias.

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar