Angra abraça luta antimanicomial com diversas oficinas – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeCulturaAngra abraça luta antimanicomial com diversas oficinas

Angra abraça luta antimanicomial com diversas oficinas

Usuários do Capsi participaram de diversas oficinas de artes, com pintura e bordado - Foto: Divulgação

Angra abraça luta antimanicomial com diversas oficinas

A prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, celebrou ontem, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial, na sede do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi), no Balneário. Oficialmente, a data é celebrada no dia 18 de maio, mas o evento foi antecipado para que fosse possível reunir os usuários e colaboradores dos três Caps de Angra – Capsi, Caps II (para adultos) e Caps AD (para usuários de álcool e drogas).
A data foi marcada por muitas atividades, e durante o dia aconteceram oficinas de artes, com pintura, bordado e reciclagem (Capsi); apresentação teatral (Caps II); apresentação musical (Caps AD) e oficina de música (Capsi).
A moradora da Monsuaba, Maria Aparecida, contou que seu filho frequenta o Capsi há dez anos e reconhece a importância do espaço no seu desenvolvimento. “Meu filho é autista e tinha muitos problemas de comportamento. O tratamento e os espaços de convivência aqui ajudaram muito na evolução dele”, elogiou.
Polo Musical Educacional

A Prefeitura de Angra dos Reis, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Departamento de Diversidade e Inclusão) e da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio, realiza na próxima terça-feira, dia 22, às 9 horas, um ato cultural que marcará a retomada das atividades do 1º Polo Musical Educacional Yumi Imanishi Faraci, localizado no bairro Belém.
O Programa Polo Musical Educacional Yumi Imanishi Faraci, criado pelo Decreto nº 7751, de 2011, tem a finalidade de promover aulas de instrumentos e outras atividades musicais que contribuam para a melhoria da aprendizagem e a inclusão social e cultural dos estudantes da rede municipal de ensino, e as primeiras aulas a serem oferecidas são de flauta doce, violão, violino e canto coral.

Compartilhe!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar