A verdade de Deus ecoa nesta geração – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeA Voz EvangélicaA verdade de Deus ecoa nesta geração

A verdade de Deus ecoa nesta geração

A verdade de Deus ecoa nesta geração

A Palavra de Deus é eterna como Deus é eterno. Então, ela continua sendo verdadeira, sempre. Disse o Senhor Jesus: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
O salmista pede socorro a Deus. Salmo doze:
1vers. Socorro, Senhor! Já não há quem seja leal: já não é possível confiar em ninguém entre os seres humanos.
Essa expressão é um clamor de alguém sincero, alguém que a ama o que é justo.
vers.2Cada qual, mente ao seu companheiro; seus lábios bajuladores falam com segundas intenções. “Quando as pessoas de um povo, de uma sociedade começam a valorizar positivamente as atitudes ardilosas e desonestas de homens maldosos, a corrupção se estala como estilo de vida e todos passam a viver se enganando. Numa neurose coletiva, em busca de vantagens pessoais. No original grego. A expressão “vagueiam” sugere um modo bem público e sem receio da lei, de perambular pela cidade com más intenções”.
Vers.3,4 Que o Senhor golpeie todas as bocas fraudulentas e língua arrogante dos que proclamam: “Venceremos com o poder do nosso falar, nossos lábios são como laminas cortantes! Quem poderá mandar em nós? ”.
Aqui vemos o salmista pedindo a fúria de Deus contra essas pessoas que querem prevalecer com a imposição de seus argumentos mesmo sem a aprovação da lei, que eles não temem. E não é isto que estamos vendo? Homens e mulheres. Ameaçando professoras e diretoras nas Escolas e de Departamentos Municipais, Estaduais, e até, Federais, a ensinarem coisas absurdas e imorais procurando tirar a inocência das nossas crianças, adolescentes e jovens. Não só ensinando práticas sexuais, mas mesmo mudando o ensino das coisas naturais; como a ideologia de gêneros conduzindo os alunos a práticas de homossexualidade?
Uma tal de Agenda Global prometendo acabar com a pobreza, desigualdade social, mas a finalidade é enfraquecer autoridades, incentivar a imoralidade e afastar o homem de Deus; com suas ideologias; está se espalhando no mundo, oriunda da permissão de diretores de grandes entidades como a ONU. Se prevalecendo da fragilidade das Nações que deles dependem e impondo suas práticas de malignidades.
Vers.5 Por causa da opressão do necessitado e do clamor do pobre, agora me levantarei, diz o Senhor: Eu os protegerei e os salvarei a quem por isso anseia.
Agora, vemos Deus prometendo entrar em ação contra a geração má, e protegendo os que não concordam e resistem essa miséria, desejando uma sociedade honrada e digna. Ao logo da história da humanidade Deus sempre interferiu quando a iniquidade e a imoralidade dos homens chegam no seu limite. Isso aconteceu nas cidades de Sodoma, Gomorra, Admár e Zeboim. A imoralidade, a imundícia, as transgressões contra a natureza de Deus tinham chegado ao seu limite. E Deus mandou fogo de enxofre desde a atmosfera e as destruiu num momento; mas salvou Ló e sua Família daquele juízo. (Genesis 19.) As imoralidades nas paredes e em todos os lugares da cidade de Epopéia na Itália, foram vistas nas suas ruínas debaixo das águas do Mediterrâneo.
Vers.6, As Palavras de Deus são verdadeiras, são puras como a prata purificada num forno, sete vezes refinadas.
O salmista exalta a santidade e o poder da Palavra de Deus. Ela é infalível. São bem-aventurados os que nelas confia, obedece e a observa. E é a única em que o homem possa confiar para escapar de ser contaminado por essas intenções, ensinos, e práticas absurdas e imorais que a Mídia mostra e exalta como coisas normais e admissíveis
Vers.7,8 Senhor tu nos guardarás seguros e desse tipo de gente nos livrarás para sempre. Os ímpios vagueiam soberbos por toda parte, quando a corrupção é exaltada na sociedade.
No livro do Apocalipse está escrito: E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniquidades dela. (Ap 18.4,5).
Diante do exposto, sabemos que a qualquer momento Deus entrará com seu juízo sobre esta geração. Mas os que o esperam e guardam a Sua Palavra, estarão livres do juízo vindouro.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar