500 anos da Reforma Protestante – A Voz da Cidade
Siga a Voz da Cidade
HomeA Voz Evangélica500 anos da Reforma Protestante

500 anos da Reforma Protestante

Martinho Lutero deu início à reforma Protestante

500 anos da Reforma Protestante

Hoje completa 500 anos à Reforma Protestante, comemorado por todos os protestantes nas diversas linhas teológicas devido a sua relevância para o cristianismo. Os reformadores ergueram uma bandeira contra os problemas morais, teológicos, doutrinários, espirituais de contra as injustiças de sua época.
– A Reforma Protestante aconteceu no dia 31 de outubro de 1517, quando Martinho Lutero afixou na Catedral Wittenberg 95 teses e estabeleceu cinco pontos de fé como base da Igreja. A Reforma foi um movimento que visou trazer a Igreja á pureza original do cristianismo segundo o Novo Testamento. Depois do Pentecoste a Reforma do século XVI foi o maior movimento espiritual ocorrido dentro da Igreja. Representou uma volta à Bíblia, aos ensinos dos apóstolos e, por isso, a rejeição total a qualquer doutrina sem base nas Escrituras.
– Martinho Lutero era filho de camponeses, tornou-se monge agostiniano e entrou para o convento de Erfurt, depois de uma dramática experiêncianuma tempestade, onde fez o voto de ser sacerdote se fosse poupado da morte Buscava com avidez as salvação de sua alma. Em 1512, aos 29 anos, lendo o texto bíblico de Romanos 1:17: “O justo viverá pela fé”, abriu os olhos do seu coração para compreender a verdade de Deus. Ali descobriu a gloriosa doutrina da Justificação pela fé em Cristo.
– Ameaçado de morte em 1521 pela Dieta Imperial, ele defendeu sua fé diante do imperador, cléricos, condes e embaixadores. A partir daí o evangelho passou a ser pregado na língua do povo. Nos púlpitos e nos bancos das igrejas havia cópias da Bíblia traduzida por Lutero. Cantavam por toda a Alemanha hinos evangélicos e salmos, muitos dos quais escritos pelo próprio Lutero, dentre eles se destacava o hino: “Castelo Forte é o nosso Deus”. O movimento reformista espalhou-se pela Boêmia, Hungria, Inglaterra, Escócia, França, Países baixos, Escandinávia e até mesmo pela Espanha e Itália.
– Entre as diversas heranças deixadas pela Reforma Protestante podermos citar os cinco solas como as mais significativas:
* Soli Deo Glória ( Gloria somente a Deus): Não há nada, nem ninguém que deva ser dada glória, senão à Deus. A Palavra de Deus declara que somente Deus é merecedorde toda Glória, honra e louvor
* Sola Scriptura (Somente a Escritura): Aponta a Bíblia como autoridade máxima para doutrina e prática cristã. Somente a Bíblia é aPalavra de Deus, para ser seguida como regra de fé e prática. A Bíblia na mão era a marca do cristão.
*Sola Fide (Somente a fé): É somente pela fé que podemos ser salvo. “Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O Justo viverá por fé”(Romanos 1: 17).
* Sola Gratia (Somente a Graça): “Pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2: 8 e 9). Boas obras não podem salvar ninguém. Boas obras são consequência de nossa salvação. Um cristão verdadeiro depende da graça de Deus para tudo. Graça éfavor imerecido. Uma Igreja verdadeira proclama o perdão dos pecados gratuitamente por Jesus Cristo sem necessidade de pagar ou cumprir rituais. Somente a graça de Deus pode perdoar pecados.
* Solos Christus (Somente Cristo): Não existe outro que possa salvar, apenas Jesus Cristo. “Pois há um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus”(II Timóteo 2: 5). Martinho Lutero e seu companheiros lutavam por uma Igreja Cristocêntrica. Onde Jesus é o centro da Igreja. Foi Cristo que morreu para dar vida e levantar uma Igreja. Somente Jesus é o centro da Igreja.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter
Classifique essa Notícia
Sem Comentários

Comentar